Tocando as Estrelas de Rebecca Serle


Olá pessoal! Tudo bem?
Sabe aquele momento da leitura que você se sente diante dos personagens? Foi isso que senti durante o tempo de leitura deste livro. Era como se eu estivesse presente, participando de tudo que ocorreu devido a dinâmica do autor.

Sinopse

Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagens no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.

Considerações

Acabei de terminar Tocando as estrelas e não pude me conter para escrever essa resenha. Claro que a data desse post não será o mesmo do final da leitura, mas os sentimentos sim, foram escritos após o término da mesma. Tocando as estrelas é um livro maravilhoso, muito bem escrito e apaixonante. A história começa em Portland cidade onde Paige mora com os pais e vive uma vida adolescente normal com seus amigos Cass e Jack. Cass apaixonada pelo livro Locked que trata-se de uma trilogia com dois livros já lançados sugere a Paige que se apresente na seleção do elenco para a adaptação cinematográfica do primeiro livro. Paige sempre quis ser atriz, desde que se entende por gente e decide que quer realmente tentar este papel, então quando ela é escolhida para ser a August (personagem principal do livro) toda a sua vida começa a mudar. Seu primeiro trabalho profissional e já é um filme de sucesso nacional, com milhões de fãs ansiosos pela adaptação. Mas não é só isso, não é só a responsabilidade de interpretar um personagem de tão alta expectativa, Paige está longe de casa para as gravações, está sozinha no Havaí e é aí que a história começa a ficar empolgante. 

"Uma vez que estou debaixo da água, sinto-me no paraíso. Frio reconfortante e deliciosamente refrescante, como se tivesse dando a primeira mordida numa fatia de melancia."

O livro é em primeira pessoa, então estamos na pele de Paige o que nos faz sentir toda empolgação que ela sente com essa maravilhosa experiência de se tornar uma estrela de Hollywood. Mas também sentimos seus medos, incertezas e sua paixão inevitável por Rainer Devon "um dos homens mais sexies do planeta" e seu conflito interior por Jordan Wilder o astro problemático escalado para fazer parte do elenco.

"Penso na semana que passou. Todos os nossos pequenos momentos. Talvez eu esteja com muitas histórias na cabeça sobre paixões entre colegas de elenco."

Não costumo ler a sinopse dos livros antes de começar a ler, então quando olhei a capa achei que fosse uma história de astros de música, com um romance cliché e uma garota chata como protagonista. Mas me enganei completamente, a protagonista é uma garota de 17 anos, com incertezas e medos como todos nós, ciente das responsabilidades e muito esforçada em tornar seu sonho realidade. As vezes vemos os atores como sendo supérfluos e nunca paramos para pensar como foi difícil fazer uma cena, ficar meses longe de casa, mesmo que em um hotel luxuoso não podemos dizer que não sintam falta de casa, falta da família... Rebecca Serle nos mostra o outro lado dos holofotes, por trás das câmeras o que para mim foi muito empolgante saber. O triângulo amoroso dos personagens do livro Locked (citado neste livro) não chega nem perto dos sentimentos confusos de Paige na vida real. Este livro me deixou de ressaca literária, porque é muito, muito bom! A escrita da autora nos envolve de tal forma que me senti no Havaí diversas vezes no decorrer da leitura.

Tocando as Estrelas

| Editora: Novo Conceito
| Autora: Rebecca Serle
| Páginas: 224
| ISBN: 9788581637334
Skoob

Share this:

JOIN CONVERSATION

20 comentários:

  1. Oi! Que bacana! Imagina você ler um livro e depois conseguir ser a protagonista dos filmes deste livro! Muito louco! Apesar de ser um pouco adolescente pro meu gosto, eu acho que leria esse livro, porque parece ser divertido e leve, com uma leitura gostosa! Obrigada pela dica!
    Bjoxx - http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Que bom saber que essa história é daquelas que tiram nosso fôlego e nos deixam com ressaca literária. Comprei esse livro nas banquinhas da Bienal e não li ainda.
    Depois dessa resenha maravilhosa fiquei bem animada para dar uma chance a leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  3. Se tem algo que gosto em um livro é dinâmica, isso sempre trás fluidez a leitura, ainda mais quando o enredo é bem original, como achei o caso deste que apresentou com o livro Tocando as Estrelas.
    Assim como você eu não leio sinopse, então quando me deparo com uma estória diferente da que eu imaginei eu amo. Já tinha visto o livro, mas não conhecia o assunto abordado, então eu anoto essa dica e vamos conhecer mais de Paige.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A capa não me atraiu, a sinopse muito menos, mas sua resenha sim, menina! Me deu uma ideia totalmente diferente do que a capa sugere e me fez perceber que é o tipo de história que eu apreciaria.

    Sei que existem atores que são pessoas superficiais, mas geralmente quando penso neles, de modo geral, não os vejo dessa forma. Eu admiro demais os artistas, seja um escritor, um ator, um artista plástico, compositor, cantor... Eles fazem magia. Conseguem transmitir tanto! Geralmente valorizo muito o trabalho dos atores e sempre fico encantada, me perguntando como conseguem entrar na pele dos personagens de tal maneira. Todavia, não aprecio livros que falam de atores, vai entender! Mas esse, por causa da sua resenha, me interessou bastante.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Eu já tinha visto esse livro por aí, mas nunca tinha me interessado. Achei que era uma história boba, mas pelo visto me enganei mesmo, rs. Adorei poder conferir sua resenha, fiquei empolgada para conferir essa trama.
    beijo
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Oi!

    Eu sempre vi esse livro andando pela internet, mas eu nunca parei de fato para saber mais dele, a não ser por algumas resenhas que li por cima. Apesar de levar suas considerações em conta, ele não é mais um tipo de livro eu eu gostaria de ler no momento, estou em busca de livros mais densos e profundos. Mas é legal perceber que apesar da premissa ser mais "rasa" o livro tem desdobramentos mais profundos, então futuramente, quero lê-lo =)

    Parabéns pela review tão apaixonada!

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Essa é a primeira resenha que leio sobre essa obra, já vi a capa dela por ai, mas nunca havia lido mais sobre ela, não é uma história que tenha despertado meu interesse, mas é tão bom quando nos surpreendemos com uma leitura, que irei deixar a dica anotada aqui, quem sabe quando eu ler também me surpreenda!?

    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro este tipo de sensação que você descreveu: se sentir no livro, se sentir perto dos personagens e claro, se sentir na pele de quem está narrando o enredo. Não lembro de já ter lido algo assim, com essa abordagem de Hollywood, mas fiquei bem interessada nesta história e espero poder ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Letícia!!!
    Essa não é a primeira vez que ouço falar do livro, mas fazia muito tempo que não lia nada sobre o mesmo e talvez por isso eu tenha esquecido da história em si.
    É interessante que mesmo com toda a história que a autora constrói, ela traz ainda a visão dela sobre esse mundo dos holofotes e como é por trás dos mesmos.
    Adorei a resenha!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas a premissa não me chamou muito a atenção.
    Adorei sua resenha, conhecer a obra e tudo mais, mas no momento, não seria algo que eu leria....
    Acredito muito nessa coisa de momento certo para ler alguns livros.... enfim,
    Mas vou anotar a dica...

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Olá! Tudo bom?

    Eu também não tenho o habito de ler a sinopse antes de iniciar uma leitura. Pela sua resenha o livro parece bem empolgante, não faz muito o meu estilo mas confesso que fiquei interessada. Anotei a dica e espero gostar tanto como você e me sentir no havaí haha ♥

    Um beijo

    ResponderExcluir
  12. Bate aí, Lê, porque eu também não tenho costume de ler sinopses! hahahaha
    Que bom que você gostou tanto do livro, é nítido na sua resenha que você realmente curtiu.
    Eu só não leria o livro por conta do tema, não curto muito essa vibe de bastidores, sabe, aspirantes a ator e etc... mas eu sempre leio resenhas positivas desse livro, deve ser mesmo bem gostosinho de ler!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  13. Oiee Letícia ^^
    Eu já tinha visto sobre esse livro antes, mas confesso que nunca senti vontade de ler...rs' acho que por trazer uma adolescente como protagonista e eu já imaginar que ela vai fazer drama a respeito de tudo, se apaixonar pelo cara "galã" e ao mesmo tempo gostar do fofinho por quem os leitores torcem. Quero lê-lo em breve para ver que estou errada *-*
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oie.
    Não curti. 😓 Não sei o que aconteceu, mas a premissa não me despertou nenhum interesse em ler o livro. 🤷
    Sem desmerecer o autor, é claro, se trata apenas da minha opinião. Mesmo sua resenha sendo cativante, o enredo descrito não me enche os olhos.
    Fica pra próxima.
    Bjks

    ResponderExcluir
  15. A capa do livro não me deixou muito interessada a princípio, mas a história parece ser até legal para quem gosta desse tipo de leitura.
    Não é muito o meu tipo, então fica para a próxima. Beijos. Versos da Alma

    ResponderExcluir
  16. Já li esse livro, e assim como você achei bem interessante esse mundo do cinema e do trabalho que os atores tem para deixar tudo perfeito, a saudade de casa e etc. Mas admito que hoje em dia provavelmente eu não amaria tanto, pois não tenho mais costume de ler o gênero

    ResponderExcluir
  17. Oi Letícia! Tudo bem?
    Uma proposta bem interessante a desse livro. Embora eu ache que ela, com outras roupagens, tem um bocado por aí, mas, acho que leria se não estivesse lendo nada. Gostei muito da resenha e a edição do livro digital está bem bonita.
    Parabéns pelo blog.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não sei se é pela capa, mas todas as vezes que vejo esse livro, não desperta em mim o desejo de querer ler. Acho que deve ser pelo fato da capa já nos fazer visualizar uma história, que pelo que parece, tem algo a mais, pois causou até uma ressaca! Espero ter a aportunidade de ler e mudar a minha impressão. Ainda assim, adorei sua resenha.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  19. Oi.

    A capa parece mesmo com aquelas de bandas e tal. Acho que ja tinha visto essa capa em algum lugar, mas não lembro onde foi. Não sei se leria esse livro, fiquei sem saber direito. Acho que eu acabaria lendo, mas nao no momento. Vou anotar a dica e esperar ter mais tempo. Acho que vou preferir ler nas férias do meio do ano.

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Adorei a capa e a resenha! Ando me av3nturando em novos gêneros e esse seria muito legal de conhecer! Amei a dica, quero dar uma chance a leitura pois o unico livro que vi ambientado no Hawaí foi um pouco do Tudo e Todas as coisas. Amei a dica!

    ResponderExcluir