Resenha premiada: Deixada para trás de Charlie Donlea


Sinopse
Nicole Cutty e Megan McDonald são alunas do ensino médio na pequena cidade de Emerson Bay, Carolina do Norte. Quando elas desaparecem de uma festa na praia em uma noite quente de verão, a polícia inicia uma busca maciça. Nenhuma pista é encontrada e a esperança é quase perdida, até Megan milagrosamente aparecer depois de escapar de um bunker no fundo da floresta.
Um ano depois, o best-seller de sua provação transformou Megan de heróina local para celebridade nacional. É uma história triunfante e inspiradora, exceto por um detalhe inconveniente: Nicole ainda está desaparecida.

A irmã mais velha de Nicole, Livia, é uma perita forense e espera que em um breve dia o corpo de Nicole seja encontrado e entregue a alguém como ela para analisar as provas e finalmente determinar o destino que sua irmã teve. Em vez disso, a primeira pista para o desaparecimento de Nicole vem de outro corpo que aparece no necrotério, de um jovem ligado ao passado de Nicole. Livia vai até Megan para pedir ajuda, esperando descobrir mais sobre a noite em que as duas foram levadas. Outras meninas também desapareceram e Livia está cada vez mais certa de que os casos estão conectados.
Mas Megan sabe mais do que ela revelou em seu livro best-seller. Flashes de memória estão se juntando, apontando para algo mais escuro e mais monstruoso do que sua memória descreve. E quanto mais ela e Livia cavam, mais elas percebem que às vezes o verdadeiro terror está em encontrar exatamente o que você está procurando.


Considerações

Deixada para trás é um livro surpreendente. Cada capitulo traz uma emoção diferente e quando você finalmente acha que juntou todas as peças e ligou os pontos para descobrir o que aconteceu, surpresa, o autor coloca algum elemento que faz com que você mude todas as suas suposições.
A narrativa é envolvente e o suspense permanece do começo ao fim. Há o uso de alguns termos técnicos (anatomia), mas nada que prejudique a leitura ou a torne difícil.  As descrições são bem precisas o que nos dá a sensação de realmente entrar no cenário do livro.
O livro traz muitos detalhes sobre necrotério e corpo humano, afinal a protagonista Livia é formada em medicina e está fazendo curso de especialização em patologia forense, por isso fica a dica: Se você não gosta deste tipo de coisa passe longe deste livro.

Os personagens são bem construídos com personalidades marcantes.  
Nicole se acha a madura e é um tanto chata. No fundo ela só quer atenção de todos e acaba usando os métodos errados para isso.  Lívia é a irmã dedica, porém foca demais em seus estudos e trabalho e acaba esquecendo de dar atenção para as pessoas ao seu redor. E por fim, Megan era a menina entusiasmada que sempre fez tudo perfeito e após o trauma que sofreu ao ser sequestrada é obrigada a fingir que superou tudo e está super bem para não decepcionar os outros.




Um coisa que chama atenção é que a personagem Lívia assume a investigação sobre o que aconteceu com sua irmã Nicole e tenta descobrir o seu paradeiro. Ela não depende de mais ninguém para ajudá-la e vai atrás de respostas por conta própria.  Apenas no final da história que ela  se junta com Megan para colocar um "ponto final" no caso do desaparecimento de sua irmã.




Além dos personagens a história também traz elementos que fazem o leitor refletir e começar a prestar mais atenção em pequenos detalhes.

O livro é uma mistura de suspense, crime e romance que deu muito certo. O final é maravilhoso e chocante, o autor consegue nos enganar direitinho e fechar o livro com chave de ouro. 

A edição está bem bonita e os capítulos são alternados entre o presente e passado, com direito até uma mudança de cor no papel. A narrativa é feita alternando os personagens (Lívia, Megan, o sequestrador). O livro é dividido em 6 partes e os capítulos não são muitos longos, portanto a leitura acaba fluindo de forma rápida. 
Recomendo a todos que gostam de um bom quebra cabeça e histórias emocionantes.



| Editora: Faro Editorial
| Autor: Charlie Donlea
| Páginas: 368
| ISBN:   9788595810082
Sorteio
Claro que não podemos deixar vocês perderem uma leitura incrível destas, por isso vamos sortear um exemplar de "Deixada para trás" para um de nossos leitores. 


Para concorrer a um exemplar de "Deixada para trás" siga as regras abaixo. O exemplar foi cedido e será enviado pela Faro Editorial.
  • Siga a @Faroeditorial no Instagram 
  • Siga o blog Praxe Literária publicamente no Google Friend Connect (aba de seguidores na lateral do blog) 
  • Curta a Página da Praxe Literária e da Faro Editorial no Facebook
  • Deixe um comentário nessa resenha. Só serão aceitos comentários com conteúdo, que demonstrem que a publicação foi lida. 

Outras informações:
  • O sorteio tem início hoje 13/01 e encerra às 23h59 do dia 27/01. O resultado estará disponível aqui nesta postagem.
  • O ganhador tem 48h para responder nosso e-mail com os dados solicitados.
  • Preencha o formulário apenas UMA vez.




Share this:

JOIN CONVERSATION

6 comentários:

  1. Desde que li a sinopse deste livro me interessei pela leitura, no entanto após ler sua resenha me surpreendi totalmente com esta estória. Que pela sua descrição e muito bem construída, fazendo que o leitor se prenda a leitura do começo ao fim da história. Outro ponto que me chamou a atenção foi as descrições de anatomia, que ao meu ver deixa a trama ainda mais real, e bem descritiva. Estou mais do que nunca ansiosa para ter esta obra em mãos.

    Venha participar do sorteio de um kit da caixinha da TAG Livros http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quando eu li A Garota do Lago eu adorei, achei a escrita do Charlie Donlea envolvente e fiquei impressionada no final. Pois é, teve plot twist. Então, quando vi o lançamento de Deixada para Trás fiquei empolgada e com expectativas lá no alto e a cada resenha que eu leio essa expectativa só vai aumentando mais. Adorei saber que você gostou e espero ler esse livro esse ano e me surpreender também. Gosto bastante da forma como o livro é dividido, entre capítulos não muito longos e personagens diferentes, é uma forma de escrita que me agrada bastante.

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de quebra-cabeças,mas o jogo e não o jogo kkkkk...
    Não sou de ler suspense, fico muito agoniada e curiosa.
    Confesso que a história não me chama muita atenção, mas me identifiquei com a Megan e gostei dos quotes selecionados.

    E achei muito legal a ideia da resenha premiada, Boa sorte aos participantes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gostei da estrutura do livro, mudando de narrador o livro fica mais (maçante)! Romance, suspense e fatos de um crime tem tudo realmente para ser bom! Gosto do fatos dos personagens serem bem resolvidos, deixa o enredo firme e agradável, mas essa história me lembra muito o livro Floresta de Pedra ( que super recomendo)! Neste em questão são duas irmãs que são sequestradas e uma delas é morta e a outra é libertada, anos depois toda a dor e sofrimento voltam e Jenna se vê investigando o caso. Amei a resenha bem clara e objetiva, já adicionei o livro na minha lista, vamos ver se consigo ler, bjs!!!

    ResponderExcluir
  5. Acho muito bonita a capa deste livro, como gostos de livros com histórias surpreendentes e de mistério acabei me interessando em ler este livro, que bom que a narrativa é envolvente e que o suspense permanece do começo ao fim, e que os personagens são bem construídos e com personalidades marcantes, sem dúvidas pretendo ler Deixada para trás.

    ResponderExcluir
  6. Olá, quero conhecer a escrita de Donlea desde o lançamento de A Garota do Gelo, e aqui vejo que a autora brilha novamente com uma obra extremamente bem escrita e que surpreende o leitor, fazendo-o criar várias teorias em busca do culpado, mas Deixada Para Trás deixa claro que nem tudo é o que parece. Beijos.

    ResponderExcluir