Vivian contra o apocalipse de Katie Coyle


Olá pessoal!

A resenha de hoje é sobre um livro que na época me chamou muita atenção pelo título, despertou curiosidade e assim que ficou em promoção, comprei!


Sobre a história

Vivian Apple é uma adolescente de 17 anos que sempre fez tudo certo, porém um ano antes do tal marcado arrebatamento previsto pelo profeta Beaton Frick ela decidiu fazer amizade com uma garota nada certinha. Mesmo assim Vivian nunca fez nada de errado, exceto pelo fato de não ouvir seus pais na questão do arrebatamento e apocalipse. 

Na véspera do arrebatamento adolescentes decidem fazer uma festa de despedida e contagem regressiva do apocalipse que aconteceria meses depois, foi então que a história começou a ficar interessante, pois na manhã seguinte realmente muitas pessoas sumiram, vários adolescentes ficaram "órfãos" e Vivian estava entre eles. 

Quando a garota chegou em casa e não encontrou seus pais, percebeu que em cima da cama deles haviam dois buracos no teto. Os amigos perceberam que seus pais também haviam sumido. No início Vivian se sentiu sozinha, sem um adulto para lhe dizer o que fazer até que seus avós maternos a buscaram para morar com eles, e num momento de "rebeldia" após conhecer um grupo chamado de novos órfãos ela foge para se juntar aos seus amigos e finalmente começar a aventura da descoberta do que realmente aconteceu com seus pais e as outras pessoas que foram arrebatadas. 

Considerações

Neste livro temos uma linda história de amizade, uma pitada de romance e muito aprendizado. Claro que vemos também muita ironia pois a história conta que nos Estados Unidos foi criado um livro, chamado o Livro de Frick que substitui a bíblia e todos creem cegamente no que este homem aparentemente muito santificado diz. Tudo foi reformulado como Igreja americana, marcas de roupa, comida, revistas, programas de TV... Enfim, tudo que uma pessoa possa consumir foi reformulado por essa nova marca que ao que diz no livro era o correto de um verdadeiro crente usar e consumir. Após esse arrebatamento as pessoas acreditam que haverá uma segunda balsa para o céu e é onde o horror se instala em muitas cidades, crentes intolerantes brigando por um espaço no caminho estreito começam a executar os pecadores. É incrível como a autora consegue usar a religião como um pano de fundo para uma história que vai muito além de qualquer pensamento religioso.


No começo eu fiquei com uma mistura de choque, raiva e curiosidade, fiquei impressionada com a menção de que Deus tomou café na Starbuks com o Frick e que consagrou lugares nos Estados Unidos como lugares santos. Confesso que em alguns momentos pensei em abandonar a leitura, mas conforme fui lendo coisas e mais coisas absurdas sobre o cristianismo que conheço fiquei mais convencida que esse livro não era bem uma história cristã tão pouco anti-cristã. Percebi que esse livro é uma crítica a sociedade cega, sociedade em que vivemos hoje e que acreditam em tudo que aparece na TV, nas redes sociais e na internet. Neste livro vemos que as pessoas são capazes de coisas absurdas para atingir um objetivo maior que envolve não só dinheiro, mas uma promessa de vida nos céus.

Da metade do livro em diante eu desconfiava do que aconteceria no final. Porém, apesar de minhas suspeitas estarem corretas, algumas coisas são realmente impressionantes. Recomendo a leitura para todas as idades apesar de ser um livro YA, todos podem tirar ótimos aprendizados com essa história. 

Vivian Contra o Apocalipse é o primeiro livro da autora Katie Coyle norte-americana nascida em Nova Jersey, que vive atualmente com o marido na Califórnia. Seu livro de estreia recebeu boas críticas, pontuado com 4 estrelas em média nos principais sites de livros.

A leitura é leve, agradável e de fácil entendimento. Os personagens são bem construídos e crescem no decorrer da história. 

Vivan contra o apocalipse é um livro surpreendente. Quero ler a continuação dessa história que me deixou chocada e muito surpresa. 



| Editora: Agir Now
| Autora: Katie Coyle 
| Páginas: 288
| ISBN: 9788522031115

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. OI

    Vivian deve que sentiu sua consciência passada depois do que aconteceu com seus pais.
    Fiquei curiosa em saber o que de fato aconteceu com eles. E saber que mesmo neste cenário
    "apocalipse", tem chance de surgir amizade verdadeira, e pouco de romance. Com maior certeza quero esta lendo esse livro um dia, achei nome dele bastante relacionado a história

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Letícia!
    Livros que inserem religião por vezes são complicados, porque na maioria, querem incutir suas crenças aos leitores e o que me agradou aqui é que o autor falou mais sobre a obsessão cega que alguns seguidores tem e ainda trouxe ensinamentos importantes para qualquer faixa etária.
    “Ouse saber!(Sapere aude)” (Immanuel Kant)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir