Leituras da Le - Fevereiro/2017


Olá pessoal!

Fevereiro não foi o mês das leituras, optei por ver mais séries e filmes, porém quero apresentar o que li neste mês que também foi bem curtinho. 
O Lago das Sanguessugas (Desventuras em Série #03)

Sinopse: O misterioso autor das Desventuras em Série não só alcançou a lista de best-sellers infanto-juvenis do New York Times, como conseguiu entrar em todas as outras principais referências de vendagem americanas. Com sua estranha franqueza, na contracapa deste livro ele manda um recado a seus possíveis leitores:

"Caro leitor,
Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores.

Respeitosamente,
Lemony Snicket"

Estou amando a série, pretendia ler dois por mês, mas Fevereiro tive outras distrações nas horas vagas. Essa história foi a mais chatinha para mim até agora. O segundo (sala dos repteis) continua sendo o melhor. Quero ler o quarto livro e rever a série que para quem não sabe, está no Netflix. 
A Coroa (A Seleção #5)

Sinopse: Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava. America Singer e o Príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

Sabe aquela história que você dá por encerrada, a autora vai lá e escreve mais coisas, só que ao invés de melhorar, estraga? Foi o que A herdeira e A coroa foram para mim. A Kiera Cass estragou a continuação, então quando penso nessa história penso apenas nos três primeiros livros que amo e possuem histórias realmente interessantes. 
Harry Potter e a Pedra Filosofal – Edição Ilustrada 

Sinopse: Conheça Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas. O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. 

Com o lançamento de Harry Potter e a câmara secreta ilustrado me deu uma vontade de ler meu exemplar de A pedra filosofal ilustrado. Já li o livro sem ilustrações, mas encontrei um canal no Youtube que tem um áudio book muito bom, então comecei a ler junto com o áudio book e não terminei, mas pretendo terminar em Março, antes do lançamento da continuação. O legal é que o texto não foi alterado, então estou relendo e com um bônus das ilustrações lindas feitas pelo inglês Jim Kay.
Essas foram as minhas leituras de Fevereiro/2017. Vocês já leram algum desses? Me conte aqui nos comentários, vamos conversar. 
Beijos e boas leituras!

Share this:

JOIN CONVERSATION

3 comentários:

  1. Olá!
    Li A Herdeira e compartilho a mesma opinião que você. A trilogia poderia ter acabado lindamente em A Escolha!!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  2. Adoro quando lançar edição ilustrada de Harry Potter, são sempre
    bem feitas e não saem do contexto da historia, o que é super importante.
    Em geral adorei as novidades

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Letícia!
    Não li nenhum dos livros, portanto, nem posso comentar muito sobre eles.
    O que posso dizer é que tenho a maior vontade de ler todos os livros da série Desventuras em série e A Seleção.
    Na verdde já li o Harry, porém não nessa edição magistral.
    “Ouse saber!(Sapere aude)” (Immanuel Kant)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir