A sereia de Kiera Cass

Foto de @oqueeuandolendo

Olá pessoal! Tudo bem com vocês? Neste post vamos falar sobre o livro que Kiera Cass publicou, sendo este o seu primeiro livro, escrito antes do sucesso da série A Seleção. O exemplar publicado pela editora Seguinte contém uma carta exclusiva direcionada aos leitores brasileiros e como de costume um marcador de páginas na orelha do livro.


A história

Kahlen é uma sereia que serve a água há 80 anos. Sua família morreu em um naufrágio e ela fez um acordo com a Água onde servindo a mesma por 100 anos teria sua vida de volta. Porém não é tão simples quanto ela imaginaria que fosse, as sereias precisam alimentar a Água e se não houver nenhum grande acidente na água para alimentá-la elas precisam cantar e atrair alimento (humanos) para que a Água mantenha seu curso de vida. No livro conhecemos mais três sereias além de Kahlen, a mais velha que se mantém afastada de tudo e de todos e Miaka e Elizabeth que vivem com Kahlen, sendo ela a mais velha (de tempo de serviço) das três. Miaka é pintora e apesar de mais para o final do livro ficar claro que ela era de origem oriental, fiquei imaginando ela o livro inteiro negra, não sei bem porque. Já Elizabeth apesar de ter suas características também citadas no livro não pude vê-la de outra maneira a não ser morena, com cabelos castanhos claros. Talvez a escritora devesse ter sido mais específica no início e explorado mais as três sereias, seus gostos e aparências físicas ao invés de citar várias outras sereias anteriores o que acabou confundindo minha cabeça.
Kahlen mantém um registro de todas as pessoas que matou para a Água. Apesar de já terem passado 80 anos ela não se acostumou com a vida de sereia, sendo privada de falar com outros humanos devido à sua voz mortal. Qualquer humano que ouvir qualquer palavra da boca de uma sereia tem o impulso imediato de se lançar na água, não necessariamente no mar,  mas qualquer lugar que tenha água suficiente para se afogar. Já as irmãs Miaka e Elizabeth encaram a vida de sereia com mais tranquilidade, saem para baladas, namoram rapazes, pintam, vão ás compras e pensam em fazer um investimento para quando voltarem a ser humanas.
Contudo, Kahlen consegue conhecer um garoto chamado Akinli, eles se apaixonam, mas ela decide se afastar para não colocar a vida dele em risco e a dela também. Caso qualquer sereia infrinja as regras da Água elas são mortas, mesmo tendo cumprido 99 anos de trabalho por exemplo. Mas, a Água mantém uma relação de mãe e filha com Kahlen o que é mais evidente no fim da historia.

Foto de @oqueeuandolendo

Minhas impressões

Senti que faltaram mais informações, tais como sugiram as sereias, ou como a água pode ter tais sentimentos por elas. Acredito que este livro poderia ter pelo menos umas 500 páginas ou seria facilmente aceito em dois livros desde que tivesse mais explicações, sendo mais aprofundado na história das sereias e sua relação com a Água. Talvez até contar histórias de sereias anteriores, ou abordado um romance melhor elaborado. Outra coisa que me incomodou apesar de ser inovador foi fato das sereias não terem o rabo de peixe e sim belos vestidos de sal. Pode ser que a intenção dela não tenha sido falar da mitologia, por este motivo não houve profundidade no assunto e as sereias não tenham caldas de peixe. Apesar de tudo a leitura flui muito bem e sendo de fácil entendimento você consegue ler rápido. A Kiera Cass tem aquele dom de te prender pela forma de escrita, este é o primeiro livro escrito por ela, mas este livro está longe de ser tão bom quanto a série A seleção. 

A Sereia

| Editora: Seguinte
| Autora: Kiera Cass
| Páginas: 328
| ISBN:  9788565765930

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. Oi lê.
    Adorei a resenha. Concordo que poderiam ter tido mais livros de a Sereia, a Kiera faz com que a gente se prenda as histórias e não consiga para de ler enquanto não vê o fim, por isso gosto tanto dela.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Uma pena quando não há muito aprofundamento sobre questões importantes na história, né? Esse livro está há bastante tempo na minha lista. Li outros livros da Kiera e gostei bastante.
    Adorei o blog. Estou seguindo <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir