Querubins - A sentença da espada de Martha Ricas




Sinopse
Uma guerreira do céu; Uma dama vitoriana; Uma guerra invisível.
Querubins, a sentença da espada é um relato em duas vozes: a da querubim Chaya, enviada a uma vila celta pré-cristã e que não vê no homem um ser especial, mas com um espírito guerreiro que não a deixa fugir de uma batalha, e a de Mary Grace, uma donzela da Inglaterra vitoriana atormentada por visões que não consegue desvendar.Ambas as tramas se desenlaçam por caminhos intrépidos e podem estar mais ligadas do que imaginam. Garota e querubim podem e precisam mudar o mundo em épocas diferentes. Seguindo os mesmos passos por cenários deslumbrantes e segredos cada vez mais profundos, elas o farão querer embarcar nas intrigas palacianas e nas batalhas angelicais.Recheada de paixão, mistério, ação e intrigas políticas, a trama é tão perturbadora quanto fascinante.




Considerações
Querubins – a sentença da espada é um livro cativante, é uma história sobre anjos e demônios e o conflito entre estes dois. Escrito por uma autora nacional de forma simples e que busca entreter e deixar o leitor intrigado.
A história é dividia em duas: pelo ponto de vista de Chaya, um querubim de língua afiada que foi mandada a uma vila celta pré-cristã e de Mary Grace uma garota da Inglaterra vitoriana.  Mesmo se passando em épocas diferentes as histórias se ligam ao final.
Chaya é uma mulher de cabelos ruivos, que não foge da luta, possui uma língua afiada e é um líder nato perante os morados da vila celta. Ela tem a missão de se infiltrar e resolver aos poucos os problemas causados pelos demônios. Nunca se interessou pelo homem, porém durante sua missão aos poucos vai se afeiçoando a eles.
É uma personagem tão segura que consegue passar confiança e animação até para o leitor, sem falar em suas lutas empolgantes que aumentam a percepção de sua força.  
Mary Grace é uma moça extremamente melancólica e que se afoga em magoas. Não possui um bom relacionamento com os pais e nem amigos próximos. Desde criança é atormentada por visões de criaturas e por conta disto a maioria das pessoas acham que ela é louca. Ela conhece Anton que aos poucos vai ajudando ela a entender o porquê de suas visões e seu papel.


"(...)Você passou a vida toda lamentando tudo, nunca se moveu para mudar nada, apenas foi empurrada de um lado para outro e, quando acabou os estudos pensou em ficar armazenada. Realmente, é a verdadeira boneca de porcelana, intocável, bela e inútil." - Anton, pag. 109

A personalidade depressiva de Mary chega a incomodar, ela sabe apenas se lamentar e reclamar sobre a personalidade das pessoas. O que fez eu gostar da personagem é sua repulsa por seguir os padrões: arrumar um bom marido, manter o nome da família, cuidar da casa, dos filhos.... Isto mostra uma parte guerra dentro dela.


"Então percebi que não importava. Eu era uma criança ingrata e caprichosa. Cega demais em mim mesma e na minha angústia para servir um bem maior." - Mary, pag. 134


É uma história bem diferente e com uma mensagem bonita, o que a torna reconfortante. Não faltam emoções e lutas, mesmo que algumas lutas não sejam na base de armas. Os acontecimentos são fáceis de entender e possui um suspense bem suave que te prende na narrativa, possui até algumas pitadas de romance que fazem a gente se afeiçoar aos personagens e torcer por eles.
O que mais gostei é que a história não romantizou a querubim. Ela tem seu dever, vai até a Terra e o cumpre. Se envolve com os homens, mas para trazer apenas paz e conforto em seus corações sem ter algum romance misturado nisso. Isso mostra o real papel que os enviados dos céus possuem.
Não sou muito fã de histórias que pendem para um lado mais religioso, mas a mistura com cenários antigos e com lutas me conquistou e me deu uma dor no coração terminar de ler. É uma história cativante que conseguiu arrancar algumas lagrimas, certamente uma ótima leitura. Dei 4,5 no skoob por achar um pouco confuso no começo a alternância de pontos de vista (um capitulo Chaya e outro Mary) das personagens, porém a autora conseguiu criar personalidade tão marcantes que logo ficou fácil saber quem estava narrando. 



| Editora: Novo Século
| Autor: Martha Ricas
| Páginas: 239
| ISBN:  9788542804645
Skoob


Share this:

JOIN CONVERSATION

10 comentários:

  1. Menina!
    Sempre quero conferir um livro que fala de anjos e tem sempre a luta entre os bons e maus, entre o bem e o mal. Sou uma estudiosa de anjos e gosto demais de leituras onde eles são os protagonistas.
    Bom ver que aqui não teve uma visão romantizada, o querubim veio para terra e cumpriu sua missão.
    “O verdadeiro sentido do Natal não está nos presentes e nem no papai noel, mas sim no nascimento de Jesus Cristo, que veio ao mundo para nos libertar do pecado e ser o nosso único salvador!” (Andréia Godoi)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Gostei desse diferencial na obra.
    Não conhecia ainda e confesso que fiquei bem curiosa.
    Parece ser uma leitura muito boa.
    A escrita da autora tem cara de ser bem bacana também.
    Gostei bastante da capa.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. A ideia do livro até que é bem legal e gosto de ler umas coisas que exploram mitos religiosos e coisas assim. Mas confesso que não me chamou muita atenção ainda. Parece bom, pode deixar umas mensagens legais, mas....só não acho que iria curtir ler agora =/
    Talvez alguma dê uma chance...

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Não conhecia o livro, parece bem interessante, mas ainda não estou decidida a ler. Quem sabe em outro momento. A capa está muito bonita.
    Sua resenha está ótima.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Fabiana Parabéns pela resenha.
    Eu gostei do enredo de Querubins, confesso que tenho uma quedá por livros de anjos e demônios, mas esse parece bem diferente dos que já li. Vou estar pesquisa sobre ele talvez possa ser o presente de mim pra mim de natal kkk
    Obrigada !

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está muito boa!
    Eu não conhecia este livro, mas inicialmente está capa que por sinal está muito bonita me chamou a atenção, e a história parece ser muito boa, gosto muito de ler história que envolvem anjos, e desse estilo, pretendo ler o livro e acredito que irei gostar muito da história.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro e parece ser ótimo. No começo, ao ler a sinopse, pensei que o livro poderia ser confuso, mas pela sua resenha vi que não. Gostei de Querubins porque, além de ser um livro com anjos e demônios, ainda tem essa mistura de intrigas políticas, paixão e ação. Com certeza lerei!

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro mas achei a premissa bem legal!! Gosto muito do estilo de leitura que fala sobre anjos e demônios e os conflitos que eles tem. A capa ficou maravilhosa e a resenha é bem legal.
    Beijoss

    ResponderExcluir