Cartas de amor aos mortos de Ava Dellaira

Olá pessoal! Tudo bem?
Hoje vamos falar um pouco de um livro que li ano passado, gostei bastante e essa resenha estava em meu outro blog. Como é um livro especial decidi trazer a resenha para cá! Espero que gostem!

Sinopse
Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.


Considerações
Cartas de amor aos mortos é um livro narrado por Laurel, porém não trata-se de uma narrativa comum, são cartas escritas para pessoas que já morreram. Em uma aula a professora de Laurel pede que os alunos escrevam um carta para alguém que já faleceu, ela simplesmente não consegue escolher um para escrever e escreve para várias pessoas, músicos, atores e sua irmã May. Este livro infelizmente irá tratar de perda, abuso e adolescência. Infelizmente porque não é o tipo de história bonitinha que gostamos de ler para distração, porém é um livro maravilhoso, que ao terminar de ler você irá suspirar e absorver para dentro de si tudo aqui que acabou de "presenciar".
Laurel perdeu sua irmã May, em todas as vezes que uma das cartas falava de sua perda eu ficava cada vez mais ansiosa para saber o que houve, como aconteceu e o porque Laurel é tão fechada com as pessoas. É incrível como Ava Dellaira conseguiu passar tanto sentimento através das páginas, sentimentos de amor, afeto, tristeza e arrependimento. 
Aos poucos vamos conhecendo mais de Laurel, do seu dia-a-dia, seu romance e seus segredos. O livro não segue uma linha temporal, cada carta fala de um dia, ora o presente, ora o passado, são como cartas realmente escrita por uma adolescente traumatizada pela perda. As citações de músicas, filmes, poemas e personagens fez com que a leitura ultrapassasse as páginas, o que torna o momento muito mais real e prazeroso. 
Com uma linguagem de fácil entendimento o livro pode ser lido por qualquer idade. A capa e a diagramação são muito bonitas, o que torna a leitura agradável.

Me contem se já leram e o que acharam. Se não leu, me diz se é o tipo de leitura que está procurando no momento. 

Beijos e boas leituras!


| Editora: Seguinte
| Autora: Ava Dellaira
| Páginas: 1344
| ISBN: 9788565765411

Share this:

JOIN CONVERSATION

31 comentários:

  1. Oi Lê !
    Amei a resenha, não era oqe eu estava procurando no momento mais agora com certeza é. Adorei essa capa e o fato de ter trechos de músicas também me agradou.

    ResponderExcluir
  2. Letícia!
    Não li ainda o livro, mas quero muito.
    Acho uma verdadeira catárse e uma tremenda psicoterapia poder escrever cartas de uma forma em geral e quando é para um falecido, ainda mais, porque pode ser exposto sentimentos nunca ditos em vida.
    Gostei da forma como livro é escrito e gostaria de ler essas cartas e conhecer um pouco mais sobre a vida da protagonista.
    “Desejo a você e a sua família um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias. Boas Festas!”
    (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Achei muito bonito quando li. A história me emocionou e além disso tem uma escrita interessante, bem inteligente. Achei legal a coisa da carta e o que cada uma representava no momento. Para a vida da garota, sabe? É bem legal de ir acompanhando e descobrindo como as coisas aconteceram, o que ela sente e etc. É uma leitura que acho que qualquer um, em qualquer idade pode fazer e apreciar mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Já conhecia o livro, mas ainda não me decidi por ler. Não é uma leitura que me chame a atenção, por mais que tenha um conteúdo reflexivo e com uma bonita mensagem. Mas vou anotar a dica e em consideração a suas palavras, talvez de uma chance ao livro.
    Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ola
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. Ele é muito especial e para mim se tornou uma ótima leitura e com mensagens interessantes. Adoro essa forma da narração e sou apaixonada pela capa!!!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  6. Tenho o livro aqui, mas ainda não consegui ler.
    Confesso que estou bem curiosa em relação a esse história.
    Vejo muitos comentários positivos em relação a obra e isso está me agradando bastante.
    Parece ser uma história muito bem desenvolvida e com personagens bem construídos.
    Ano que vem com certeza vou ler a obra :)
    Gosto bastante da capa também e gostei muito da sua opinião.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  7. Olá Letícia,
    Ainda não li esse livro, mas só ouço ótimas opiniões sobre ele, porém infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler. Gostei de saber que a história traz citações diversas de músicas e filmes, amo isso é com certeza nos aproxima mais da história.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  8. Oi, Letícia

    Apesar de ler apenas resenhas positivas a respeito desse livro, não me interesso por ele. Tirando o Heath, as demais personalidades para as quais ela escreve não me dizem nada, então eu meio que sou indiferente.
    Que bom que a autora conseguiu transmitir sentimento, em uma leitura do tipo isso é importante.

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oi Letícia, li este livro em 2014 e não foi uma leitura boa para mim. Achei as cartas para as celebridades, chatíssimas e embora estas pessoas tenham seu significado no mundo da musica e do cinema, a maioria era muito desajustada.
    Não é um livro que eu indicaria pra ninguém.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li o livro, mas estou com ele na minha lista de futuras compras a um bom tempo. Ele parece ser bem interessante, e traz um tema que eu gosto bastante que é o luto. Adorei a sua resenha, e espero pode conferir a obra em breve haha

    ResponderExcluir
  11. Oi, esse é um livro que eu já ouvi falarem muito, mas que eu ainda não peguei para ler. Não sei dizer exatamente o motivo por trás disso, mas agora lendo sua resenha vejo que parece ser uma obra que eu irei gostar, mesmo se tratando de um tema tão difícil e que não seja uma história de mar de rosas. Então você conseguiu me convencer a dar uma chance e realizar sua leitura em breve, espero poder gostar tanto quanto você!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  12. Você é a primeira pessoa que me dá uma visão diferente desse livro. Lógico que eu sabia que eram cartas, mas não sabia que ia muito além que isso e tratava de temas importantes quanto o abuso. Agora mais do que nunca eu quero ler esse livro. Beijos

    ResponderExcluir
  13. Não li o livro, mas gostaria muito de fazê-lo. Acho essa coisa de escrever cartas para pessoas que já morreram, fico curiosa pra saber como esse fato foi desenvolvido pela autora. Além disso, parece ser uma história bem dramática e reflexiva.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir
  14. Olá Letícia,
    Li esse livro há bastante tempo e nossas impressões são parecidas. A forma como a autora fez a trama me envolveu e, na minha opinião, deixou tudo bem emocionante. Foi como se as lágrimas da protagonista escorressem pelas páginas. Também achei muito positivo os temas que a autora trabalhou na obra.
    Que vontade de reler esse livro.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Sou encantada com essa história, nossas considerações são bem parecidas, é uma história emocionante e de tirar o fôlego, todas as referências dos cantores, os detalhes dessa história, deixa ela rica; além dela tratar de um tema pesado de forma mais branda, o dia mais feliz da vida foi conhecer ela, uma pessoa fofa e maravilhosa. Me deu uma vontade de voltar pra história da May por conta dessa resenha.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Letícia, li no ano passado e adorei o livro. Achei muito bem feito a forma como a autora montou o enredo através das cartas. Me emocionei em vários momentos, e também achei que as citações e músicas deixaram as coisas mais reais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi Leticia, tudo bem?
    Eu já li esse livro e achei ele muito singular. Laurel é um personagem encantadora e a trama é muito delicada. Esse é um livro que merece ser lido por todas as pessoas!

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Eu ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura desse livro,embora o tenha em minha estante. Contudo, essa premissa e até mesmo o nome dele me deixam muito muito curiosa para saber como a trama é desenvolvida. É claro que seus comentários me deixaram ainda mais entusiasmada para lê-lo e estou até pensando em colocá-lo à frente de outros na fila de próximas leituras.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Já faz um bom tempo que quero ler a obra, porém ainda não consegui.
    A premissa é muito interessante e mesmo sabendo que não é um livro bonitinho quero fazer a leitura.
    A capa é muito bonita e eu adorei saber suas impressões sobre o livro, que me deixou com mais vontade ainda para ler, principalmente por saber que a trama é bem desenvolvida através dessas cartas que a personagem escreve.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá querida, tudo bem?
    A capa desse livro é linda, não é?
    Agora sobre a premissa, que encanto, me encantei pela forma como os personagens são delicados. Delicados no tema, pois não é fácil escreve ruma carta para alguém que já morreu, são muitas as perguntas que queremos fazer, são muitas coisas que precisaríamos dizer, e até mesmo lembrar. Acredito que o livor deva ter muitas reflexões, e muitos momentos que paramos e até mesmo nos seguramos para também não escrever uma carta para alguém que se foi.

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Tenho muita curiosidade com esse livro porque é uma premissa realmente diferente e interessante. Uma colega da faculdade leu e super me indicou e agora vendo as suas impressões tenho certeza que vai ser uma leitura maravilhosa.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oi Letícia!
    Eu tenho esse livro aqui em casa e estou bem ansiosa para lê-lo. Já ouvi muitas resenhas positivas sobre ele e normalmente curto bastante esse tipo de história.
    Quero ver se ano que vem consigo ler. Mas estou com uma pilha de leituras tão grande que corre bastante risco de não dar.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/12/desafio-literario-2017.html

    ResponderExcluir
  23. Oi Leticia...
    Esse livro está na minha lista de desejados ja tem um tempo... já li coisas boas e coisas ruins sobre ele e esse é o motivo por estar adiando a minha leitura.
    Gostei muito da sua resenha e me atiçou para ler um pouco mais.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  24. Oi Letícia
    Sou tão apaixonada por esse livro que só eu sei. Gostei muito de ver as cartas e a forma como a personagem expressou seus sentimentos nesse momento tão difícil.
    Sua resenha está incrível.
    Adorei ver esse livro aqui.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  25. Oi, Letícia!

    Esse livro me conquistou do início ao fim! Me lembrou muito As Vantagens de Ser Invisível quando li a sinopse, mas só lembrou mesmo. É um livro que eu releria com certeza! Sua resenha ficou maravilhosa, parabéns!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi, flor.

    Eu ainda não tive oportunidade de ler esse livro, mas li muitas resenhas positivas sobre a obra. Eu já queria ler. Agora lendo sua resenha quer mais ainda! Vejo q trata de algo muito difícil, mas pelo jeito a autora soube se sair muito bem, né? Fico feliz q vc tenha gostado e espero gostar também.
    Amei!

    Beijos,
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  27. Sua resenha está muito boa. Já li Carta de Amor Aos Mortos e como você gostei muito da história, adorava as passagens que a protagonista escrevia, foi uma leitura de um estilo bem diferente mas que me agradou muito, e realmente a diagramação está muito bonita.

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Adorei a capa e o enredo. É exatamente o que estou procurando para a minha próxima leitura. Parece ser algo bem diferente, mas mesmo assim irei ler.
    Obrigada pela dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Oi, tudo bem?
    Desde que vi esse livro pela primeira vez sinto que preciso ler ele logo, acho o enredo bem curioso e criativo, além de chamar muito a atenção. Fico feliz em ver que você recomenda, vou tentar ler ele no ano que vem, espero conseguir. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  30. Esse livro traz uma proposta meio diferente, já que Laurel escreve cartas aos mortos, mas o que mais me atraiu foi o fato de tratar de temas como perda e abuso, gosto de ler livros assim, que não são convencionais. E quero muito conhecer mais a fundo a vida de Laurel.

    ResponderExcluir
  31. Comprei esse livro sem saber nada sobre ele, mais resolvi dá uma chance para essa autora que nunca li nada, e para esse livro, em um primeiro momento achei o titulo muito diferente e não entendi, mais depois que comecei a leitura não consegui mais parar!! Super recomendo esse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir