Trama de Michael Jensen e David Powers King


Sinopse
O sonho de Nels era ser cavaleiro do reino de Avërand. Filho obediente, ajudava como podia os moradores de sua pequena e tranquila aldeia. Querido por todos e tratado como herói, acreditava que logo seria selecionado como escudeiro da cavalaria.
Mas isso foi antes de ser assassinado por uma figura misteriosa.
Nels virou um fantasma, e agora só uma pessoa consegue vê-lo: a princesa Tyra, herdeira do reino e sua única esperança de entender o motivo do crime. A princípio, a jovem mimada não dá a menor confiança para o rapaz, mas, à medida que o mistério da morte dele vai se desenrolando, os dois percebem que têm em comum um segredo e um inimigo terrível, que pode se disfarçar de qualquer pessoa.
Nels e Tyra não têm escolha. Precisam fugir do castelo, desbravar um mundo oculto repleto de magia e espectros sombrios e encontrar uma agulha, a relíquia capaz de remendar o que foi descosturado na Grande Tapeçaria. E o tempo corre contra eles, pois o fio de Nels está prestes a desaparecer para sempre.

Considerações
Quando comecei a ler “Trama” não pensei que seria tão envolvente. O livro tem um cenário medieval onde temos o castelo que compõe o povo da nobreza e vilas que compõe os camponeses. Temos a típica história de um menino, Nels, que sonha em se tornar cavaleiro e deseja ganhar um beijo da princesa Tyra. Até aí temos um bom clichê, porém o que torna este livro tão diferente dos outros é que o personagem principal é assassinado logo nas primeiras páginas! Isso mesmo, temos uma aventura com um personagem que está supostamente morto.
Outra coisa inovadora do livro é que ele apresenta 3 tipos diferentes de clãs que utilizam magia: os urdidores (que usam a magia através da costura), as profetizas (que podem ver o futuro), e os conjuradores (o mais próximo dos feiticeiros que conhecemos).
Os urdidores são responsáveis de manter a grande tapeçaria (a trama) que registra a história da Terra. A morte de Nels não era para ter acontecido e isto iria gerar um grande rasgo nesta tapeçaria e um colapso na realidade. Tyra é a única que consegue enxergar o espirito de Nels, portanto os dois se juntam e se metem em uma aventura repleta de magia para tentar concertar o estrago que foi feito e derrotar o grande vilão da história que é o assassino de Nels.


"-Você...você consegue me ver? - perguntou ele.
Tyra franziu a testa.
- Eu não deveria lhe ver?
-Ninguém mais consegue me ver. Você também está morta?" pag. 60

Os personagens possuem personalidade bem simples e clássicas:
A princesa Tyra é mimada, não se importa muito com os outros e deseja sempre alguém para fazer as coisas por ela. Nels é um camponês bondoso, altruísta e forte que deseja conhecer o mundo. E claro que não podia faltar o vilão da história, Rasmus, que deseja alterar a grande tapeçaria para sair favorecido.
A escrita é bem fácil de entender e recomendo muito para quem está começando a entrar agora para o mundo literário. O autor não se prende a detalhes excessivos, traz descrições rápidas e continua o rumo da história.
"-Você está bem perto - disse.
Nels pôs a mão livre em suas costas.
-Não o suficiente." pag. 235

Toda essa simplicidade da história que a torna tão cativante e apaixonante. É um livro muito gostoso de se ler e garanto que é uma leitura que não pode faltar para quem gosta de histórias medievais.



| Editora: Arqueiro
| Autor: Michael Jensen e David Powers King
| Páginas: 304
| ISBN:  9788580415278
Skoob


Share this:

JOIN CONVERSATION

3 comentários:

  1. O livro parece ser muito bom, fiquei com vontade
    Vou correr atrás de um!
    Muito bem escrito, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha muito boa ! Adoro livros com cenário medieval 💓

    ResponderExcluir
  3. Gostei da indicação , amo esse tipo de livro. Vou procurar ler ele com certeza

    ResponderExcluir