Mangá: Tom Sawyes de Shin Takahashi


Fala amigos de Praxe, hoje falarei sobre outro Mangá da Editora JBC, Tom Sawyer, que é uma adaptação livre da obra de Mark Twain, este título pertence a Shin Takahashi, que por sua vez também publicou outras histórias de sucesso como: "Love Story, Killed", "Kimi no Kakera" e o conhecido “Saikano”. Tom Sawyer foi publicado em 2007 pela revista Melody onde são publicadas histórias shoujo (Nome dado ao gênero com conteúdo romântico) e alguns Josei (Nome dado ao gênero voltado só para o público feminino). Antes de continuarmos que tal uma breve sinopse?

Sinopse
A história gira em torno de Haru, uma estudante universitária, que teve que sair de Tokyo e retornar para sua cidade natal no interior graças a morte de sua mãe. Infelizmente nessa cidadezinha a mãe de Haru não era bem vista pelos moradores, por causa de fofocas maldosas ao seu respeito. Consequentemente, Haru também acaba sendo mal vista pela vizinhança. Em meio a tantos problemas e pressões da vida adulta, a garota encontra um grupo de crianças e um menino em especial, Taro, que se torna seu companheiro e juntos passarão um verão cheio de aventuras que a fazem descobrir o prazer de ser criança e que mudará a vida deles para sempre. Esses são os "tempos de moleque" da Haru.
 Considerações
A verdadeira história de Tom Sawyer é sobre um menino que mora no Mississipi cidade no interior dos Estados Unidos onde ele vive aprontando altas confusões com seus amigos, a obra é considera um marco na literatura moderna e infantil dos Estados Unidos.
Como podem ver, Taro, na história terá as características que Tom Sawyer possui nos contos, um menino simples, sapeca, engraçado e humilde. Ele é o alivio cômico da história que ainda é focada em Haru e sua visão daquele verão que era para ser trágico e acabou se tornando um dos melhores verões de sua vida. Ainda sobre a obra, durante o correr das páginas pude notar que o mangá conseguiu encaixar muito bem tons dramáticos, românticos, aventurescos e até mesmo cômicos tudo dentro da narrativa. Sem falar das menções a outros artistas que dá um UP na obra, adoro ler algo e encontrar easter-eggs ou menções a variados assuntos.

Para quem já acompanhou Saikano e Love Story, Killed já sabe que Shin Takahashi gosta de caprichar na arte de suas obras, e pelo que pude ver na ilustração da capa de Tom Sawyer, essa beleza está ainda melhor. Graças a Editora JBC podemos ter essa leitura diferenciada e cativante aqui em nosso país. Deixarei um quadro informativo feito pela própria JBC sobre o mangá, valendo lembrar que o lançamento foi feito em Outubro de 2014, Tom Sawyer já pode ser comprado em qualquer livraria do país, pelo próprio site da editora.

(Quadro informatico feito pela Editora JBC)

RECOMENDO vocês comprarem por valer cada centavo, um tipo de leitura diferenciada e rica em beleza e aventura. Espero que tenham gostado da resenha sem spoilers e não esqueçam que breve teremos mais recomendações de quadrinhos dos mais variados países e estilos, até a próxima.



Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário