Quadrinhos Internacionais: Prophecy


Fala amigos de Praxe, hoje irei fazer um post sobre uma das minha paixões, o Mangá, para quem não sabe, mangá é formato de quadrinho japonês, nele lemos de trás para frente, esse sentido é o oriental, aqui no ocidente lemos de frente para trás. Continuando, irei falar sobre um dos títulos que mais amo na editora JBC e seu nome é, "Prophecy", sua historia é cativante, inteligente e bem colocada em cada detalhe da trama e até mesmo emocionante no final, tendo a mesma pegada de Death Note no sentido do simbolismo que pode ser criado de justiça própria superando a lei e ao mesmo tempo mantendo o realismo dentro de toda trama. Prophecy se garante como um suspense policial acima da média levando em conta por ser um mangá que é um formato generalizado a fora, para muitos o mangá é algo infantil ou algo onde você apenas vai ver caras voando para todo lado sem motivo e brigando por causa de um pudim. Piadas a parte, antes de começar o papo técnico vamos conhecer um pouco mais de sua história.

Sinopse: “Prophecy gira em torno de um homem usando uma máscara de jornal e gravando diversas mensagens vídeos on-line para prever os piores crimes de Tokyo, como estupros, assaltos, incêndios e outros. O incrível é que todas as suas previsões se tornam realidade e a polícia da cidade começa a se questionar quem é a identidade por trás dos vídeos e como ele sabe os exatos locais, causas e todas as situações dos crimes cometidos. O pior de tudo é que a população também começa a se questionar sobre o “profeta”. Será ele um amigo? Uma criatura divina? Ou simplesmente um sádico se divertindo com o sofrimento das pessoas?” 
(Fonte:  Editora JBC).


Como podem ver a sinopse, o enredo é mais adulto e o título é recente e curto, apesar de ser uma ótima trama policial sua historia é curta e concreta apresentando de forma bem sutil um caso de Cyber crime de alto escalão onde o caso se desenrola até o predestinado final dramático, mantendo a naturalidade e aplicando inteligentemente os dados dos caso. Prophecy por ser um título atual não possui anime e nem apresenta dados para isso. Já a staff por trás do mangá merece ser citada a obra é de Tetsuya Tsutsui e foi publicado no Japão na revista Jump Kai que pertence a editora Shueisha a mesma de vários títulos de sucesso como Bakuman, Assassination Classroom, Naruto, Gintama, One piece, Bleach, Hunter X Hunter e assim vai. No Japão foi lançada entre o período de Julho de 2011 e Agosto de 2013 sendo compilado em 3 volumes. Prophecy além do Japão foi lançado em mais 2 países, Brasil e França, na França foi publicado pela editora Ki-oon no mesmo período do Japão. Já no Brasil lançou no período de Abril 2014 até Junho do mesmo ano dando um total de 3 volumes, sua periodicidade era mensal seu preço é de 13,90 R$.  A editora JBC também possui outros suspenses como: Death Note, Diário do Futuro, Doubit, Senhor dos Espinhos e Jogo do Rei.


Uma última informação que talvez para alguns que não saibam, Prophecy teve uma adaptação live-action nas telonas japonesas ano passado, o filme adapta quase toda trama do mangá com pequenas mudanças e conta com atores consagrados no Japão, os críticos deram um voto bacana para o filme sendo considerado um bom filme com boas atuações e um roteiro bem colocado na adaptação. Não vi o filme ainda e também não consegui achar legendado em PT-BR, mas esperança é a ultima que morre. Vocês podem conferir o trailer a baixo:


E assim apresento a vocês uma obra bacana e uma leitura diferenciada que pode ser apreciada por qualquer tipo de leitor, recomendo muito por uma boa historia e ser algo não muito longo e barato de se adquirir. Obrigado por tudo e até a próxima.

Share this:

JOIN CONVERSATION

4 comentários:

  1. Esse mangá parece ser muito legal <3
    O tema me lembra um pouco DathNote que faz você ficar na duvida varias vezes sobre o que realmente está acontecendo.
    Vou ver se arrumo um tempinho para ler depois

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente ele tem aquela pegada do Death Note, o lance dele e mais punhado pro realismo mas ainda sim a história e fascinante compensa sim...

      Excluir
    2. Realmente ele tem aquela pegada do Death Note, o lance dele e mais punhado pro realismo mas ainda sim a história e fascinante compensa sim...

      Excluir
  2. Esse mangá parece ser muito legal <3
    O tema me lembra um pouco DathNote que faz você ficar na duvida varias vezes sobre o que realmente está acontecendo.
    Vou ver se arrumo um tempinho para ler depois

    ResponderExcluir