O projeto Rosie de Graeme Simsion



Até o momento não havia lido um livro com uma narrativa masculina tão envolvente e que não deixasse o personagem feminino de fora da trama. A história é contada por Don Tillman, um professor de genética, 39 anos, australiano, musculoso e muito inteligente. Mesmo Don possuindo todas essas características que o caracterizam “o homem perfeito” ele sempre acaba repelindo as pessoas do sexo oposto. Por ser muito inteligente ele acredita que qualquer coisa pode ser aprendida fazendo uma pesquisa ou lendo um bom livro a respeito do assunto.

Don possui um cronograma para todas as atividades desenvolvidas, cronograma que não é modificado sem um novo cálculo total afim de não desperdiçar nenhum minuto e de não ocorrer ações imprevisíveis que não possam ser solucionadas antes de comprometer sua rotina. Um homem de poucos amigos, ou melhor, de dois amigos, sendo um deles chamado Gene, amigo e colega de trabalho que ainda se acha um garanhão e a esposa dele chamada Claudia, uma psicóloga que em encontros com Don ajuda muito a desenvolver e a esclarecer os aspectos não aprendidos nas pesquisas de Don.

"(...) a primeira preocupação de Claudia foi minha reação à armação dos óculos dela, que provavelmente nem tinha sido escolha de Elizabeth, e sim resultado do conselho de seu optometrista. Este é o mundo em que sou obrigado a viver."



A história é muito divertida e emocionante, conseguimos identificar muitas características de Don antes mesmo dele perceber que algumas mudanças poderiam ser feitas, tudo isso devido à sua extrema sinceridade. Muitas vezes me apanhei rindo alto com as atitudes e frases ditas por ele, sendo ele muito verdadeiro em seus sentimentos e ações por isso acaba agindo de maneira não muito social.

Devido a essas atitudes não muito sociais, Don acredita que um casamento não necessita de amor para ocorrer, então ele desenvolve um questionário para encontrar sua parceira ideal. Neste questionário qualquer resposta incorreta elimina definitivamente qualquer candidata. E é aí que Rosie aparece. Não como uma candidata, mas é o que Don acredita ao vê-la em sua sala após entregar todos os questionários respondidos ao seu melhor amigo Gene.

O desenvolvimento da história entre Rosie e Don é muito engraçado, eles começam a ter mais proximidade, porém como já dito antes, ele não possui atitudes muito sociais. Com essa proximidade surge o Projeto Pai, nomeado pela busca do verdadeiro pai de Rosie e como conseqüência desse projeto surge uma bonita amizade. Rosie consegue sempre um lugar imprevisível no rígido cronograma de Don Tillman.

"- Todo mundo repara na aparência das pessoas, até você.
- Verdade, mas não deixo isso afetar minha opinião sobre elas."

O livro é ótimo, envolvente, divertido e recomendo para todas as pessoas de todas as idades. O desfecho é surpreendente e houve risos até na ultima estrofe.


| Editora: Record
| Autor: Graeme Simsion
| Páginas: 320
| ISBN: 9788501402219
Skoob


A Editora Record mudou a capa do segundo livro "O efeito Rosie" e acadei de ver que mudou também a do primeiro livro. Gosto muito mais da primeira capa, apesar de não mostrar muito a verdadeira essência da história. 

O Projeto RosieO Efeito Rosie

Share this:

JOIN CONVERSATION

13 comentários:

  1. Quando li não achei muito divertido, achei meio exagerado em partes e quase deu vontade de largar. Mas acho que foi pirraça minha mesmo.
    É um livro interessante, ainda mais por ser contado pelo homem. Achei um tanto diferente, porque tinha lido muitos do tipo só que com mulher narrando. Estava pensando em ler de novo pra ver o que acho hoje em dia. Talvez goste mais..
    E seria interessante reler pra poder pegar esse segundo e entender melhor. Nem sabia que tinha uma continuação dele!
    É uma boa dica pra quem quer uma coisa engraçada e um tanto diferente, leve e com umas situações bem louquinhas.

    ResponderExcluir
  2. Olá Letícia,
    Tenho muita vontade de ler O Projeto Rosie, mas sabe quando bate aquele medo de não gostar? E você pensa que você deve ser a única pessoa que não vai gostar.
    Adorei ler sua resenha e saber que o livro é divertido e emocionante. Em alguns momentos já pensei que um casamento não precisava de amor, mas depois vi que estava errado.
    Quero muito ler o livro e vou tentar deixar o medo de lado, pois se não tentar, não saberei.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  3. Oie,

    Esse livro volta e meia está na boca do povo, agora devido a essas novas capas. Que nem curtir muito. Mas vamos ao que interessa a história. Já li uns livros com a narrativa masculina e até gosto, porém acho que terei alguns problemas com o Don.
    Mesmo sendo divertido, acho que esse jeito metódico dele pode ser ou não bom para mim.
    Se fez você rir então deve me fazer também, então já é um ponto forte a se levar em consideração para que eu leia.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e achei a capa muito fofa. Bom, fiquei curiosa com a obra, nunca li um livro do gênero que fosse todo ou quase todo narrado por um homem, o que me deixou curiosa. Além disso, o livro parece ser uma leitura leve e fluida, e fiquei curiosa, ultimamente não estou conseguindo lê nada e esse parece ser o tipo de leitura que preciso haha

    ResponderExcluir
  5. Eu amei esse livro ria demais enquanto fazia a leitura é bem difícil achar um chick-lit narrado por homens na verdade eu só li dois até hoje e esse é meu preferido.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  6. OI Leticia!!

    Não conhecia o livro e você tem uma forma de escrever maravilhosa, parabéns!
    Gostei muito da sinopse e de compreender que nada na vida é perfeito, nem um cronograma e que todos estamos submetidos a esse risco. O projeto de procurar o pai da Rose, com essa parte cômica parece deixar o livro mais divertido. Beijos e obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Sou apaixonada nesse livo, sem ao menos ter lido, vejo tantas resenhas super positivas que eu me sinto como se já tivesse lido hahaha! Acho a primeira capa linda de mais, não gostei tanto assim da segunda, talvez seja porque eu sou apaixonada na primeira hahaha. Também acho o fato dele fazer um questionário engraçado,e acho que daria ótimas risadas lendo! Adorei sua resenha.
    Abraço.

    garotareading.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, esse livro parece ser muito amorzinho, eu morro de vontade de ler. A impressão que passa é que deve ser uma narrativa leve mas que não deixa de passar seu lado marcante. Eu gosto de livros narrados por homens e fiquei muito curiosa em relação ao efeito que Rosie vai causar na vida toda organizadinha do Don.
    Beijos, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  9. Oi, esse livro parece ser muito amorzinho, eu morro de vontade de ler. A impressão que passa é que deve ser uma narrativa leve mas que não deixa de passar seu lado marcante. Eu gosto de livros narrados por homens e fiquei muito curiosa em relação ao efeito que Rosie vai causar na vida toda organizadinha do Don.
    Beijos, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  10. A primeira vez que vi esse livro foi no Mochilão da Record. Eles são excelentes vendedores, isso é um fato, todos os livros que eles falam a gente fica louca pra ler. Mas lendo aqui tua resenha, vejo que eles são excelentes vendedores, mas parece que o livro é realmente muito bom. Suas impressões a respeito dele me fizeram lembrar o Mochilão e despertaram meu desejo em lê-lo.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  11. Oi, Letícia

    Também prefiro a primeira capa, mas a editora estava recebendo muitas reclamações de leitores homens, que tinham vergonha de ler esse livro na rua por causa da capa! Hahahaha

    Eu não curto lad-lit e nunca me interessei por esse livro. Quando falaram que ele ia ganhar uma adaptação até deu uma titubeada, mas a vontade passou.
    O enredo até parece interessante, mas não chama minha atenção mesmo, uma pena.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá! Tudo bem?
    Comprei esse livro pela sinopse, mas quando o livro chegou, a vontade de ler, desencantou! Passou a curiosidade e o livro ficou encostado na "pilha dos que ainda vou ler, mas não sei quando!" Adorei sua resenha e vou repensar minha leitura sobre ele!
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Oii Letícia, tudo bom?
    Que bom que gostou tanto do livro! Li já faz algum tempo, mas estou louca para reler e ler logo o segundo. Amo demais o Don e a Rosie e já estou com saudade deles. Ah, também prefiro a primeira capa, que tem elementos que lembram demais da estória <3
    Gostei da resenha!
    Beijo

    ResponderExcluir