Sob a luz dos seus olhos – Chris Melo



“... descobri que amar, às vezes, é abrir mão, e que por mais que essa sentença apareça linda, na verdade, ela é cruel.”

Elisa é estagiária em uma editora britânica que tem uma filial em São Paulo e se candidata para participar de um processo seletivo para um intercâmbio na matriz. Ela acaba sendo selecionada e durante um ano, irá trabalhar e morar em Londres. Ela viaja para a Inglaterra alguns dias antes do início de seu intercâmbio para conhecer York, cidade medieval localizada no norte da Inglaterra, que representava tudo aquilo que ela imaginava desde sua infância ao ler seus livros. Logo após se instalar no hotel, que é o mais antigo convento em funcionamento na Inglaterra, decide sair para comer. 
Escolhe um pub, porém é informada por uma funcionária que naquele horário eles não fornecem mais refeições, então pede uma cerveja e um pacote de batatas, mas ao prestar atenção percebeu que era a única mulher no pub. Quando estava quase indo embora um grupo de mulheres entrou e ela decidiu terminar de beber sua cerveja antes de sair. Um rapaz que está com o grupo de mulheres fica olhando pra Elisa que sem graça resolve ir embora.
Quando já estava do lado de fora escuta alguém chamar e percebe que era o rapaz do pub e sai correndo. Ele insiste e consegue alcançá-la. Ela havia esquecido as chaves e ele estava tentando entregá-las, ao perceber isto ela fica muito sem graça. Depois de entregar as chaves ele se despede e volta para o pub.
No dia seguinte Elisa decide fazer um passeio por York e acaba reencontrando o rapaz do pub mas ele apenas olha de longe e não tenta nenhuma aproximação. Elisa estranha o modo como aquele desconhecido mexe com ela, então começa a sonhar com ele e nem sabe o seu nome. Ela decide deixar isto de lado e aproveita seus dias em York.

“... o tempo passa independentemente da nossa vontade, mas o que fazemos com ele só depende de nós.”

Acabam as férias e Elisa viaja para Londres. Ela vai ficar hospedada na casa da Família Hendsen. Fica encantada com a casa e com a hospitalidade de Anne e Thomas Hendsen. Anne preparou um quarto para Elisa no sótão, que é simplesmente maravilhoso, e diz que já não teve uma filha aproveitou a oportunidade para poder montar um quarto de menina. Os Hendsen tem dois filhos que não moram com eles, Philip de 19 anos que está estudando jornalismo, e Paul de 22 anos que se formou em Artes Cênicas e está viajando com uma companhia de teatro. 
Elisa começa a trabalhar por meio período na Editora e no tempo vago aproveita pra escrever inspirada pelo seu novo lar. Um dia quando volta do trabalho e está atrapalhada procurando a chave da casa dentro da bolsa percebe que alguém se antecipa e abre o portão. Quando ela olha não consegue acreditar, era o rapaz do pub de York. Ela fica surpresa e pergunta o que ele está fazendo ali e ele diz que mora ali. Ele é o filho mais velho dos Hendsen, Paul.
Elisa e Paul tentam conviver como amigos, mas a atração entre eles é grande demais e uma noite depois da comemoração por Paul ter conseguido um papel em um filme eles acabam ficando juntos. Anne não gosta da situação e Elisa decide se mudar. Eles passam os dias juntos até que Paul tenha que viajar para começar as gravações e o que sentem um pelo outro só aumenta. Elisa recebe uma notícia que a abala profundamente, durante a viagem de Paul, mas resolve não dividir com ele e decide voltar para o Brasil. Depois do retorno Elisa evita as ligações de Paul até que ele para de ligar.

“Sentir falta é notar a ausência de alguma coisa. Saudade é quando o peito aperta, quando falta o ar, é quando parece difícil continuar vivendo. Saudade é a ausência de alguém.”

Mas o destino reservava um reencontro, eles não são mais os mesmos que se conheceram em York, eles carregam as bagagens que acumularam durante o período que passaram distantes. Depois de 6 anos da separação eles terão que descobrir se o que viveram foi um amor de juventude ou se eles estão destinados a ficar juntos para sempre. 

 
Considerações

Que livro encantador! Adorei ler cada página, e destaquei trechos e frases que levarei comigo pra vida toda. Essa é uma história de amor que foi escrita de uma maneira que me cativou profundamente. Mas não é só de romance a história de Paul e Elisa, também tem drama e suspense. Durante a leitura é possível sentir todas as emoções que existem: eu ri e chorei, me emocionei e fiquei angustiada durante os momentos de tensão. A ligação que existe entre Paul e Elisa é muito forte. 
Sob a luz dos teus olhos é uma história completa e sem contra-indicações. Acredito que todos que gostem de ler vão amar esta história. Eu estava tão envolvida que li o livro em apenas um dia, depois que comecei não consegui largar o livro enquanto não terminei. Este livro entrou para minha lista de favoritos assim como a Chris Melo agora é uma das minhas autoras preferidas. Vou acompanhar de pertinho os trabalhos da Chris e estou ansiosa pelos próximos lançamentos!





| Editora: Fábrica231 (Editora Rocco)
| Autor: Chris Melo
| Páginas: 320
| ISBN: 9788568432341

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. Ooi, Thaís! Gostei muito da sua resenha ^-^ eu já tinha visto essa capa em algum lugar, mas não sabia do que se tratava. Gostei bastante da ideia do livro e dos quotes escolhidos. Não sei se leria no momento, pois estou evitando romances e dramas. Mas, quem sabe um dia?!
    Parabéns pela resenha ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece tão lindinho de ler. Tem uma história interessante e acho que prende bem depois que começa, você fica querendo saber onde vai parar e torcendo pelos personagens. Encantador mesmo.

    ResponderExcluir