Guerra Civil - Quadrinhos



Olá meus amigos de praxe, já estava com saudades de vocês e de uma resenha saindo do forno bem prontinha para vocês, partindo para o ponto principal da nossa resenha hoje irei falar sobre uma das obras divinas da Marvel Comics, Guerra Civil (2006/2007), aqui irei falar sobre o quadrinho sem dar muita ênfase ao filme para não ter mais spoilers, e claro, convencer vocês a ler este quadrinho muito bom e original. Então antes de mais nada, vamos falar da staff por trás da obra, nos bastidores do quadrinho temos apenas três nomes que deram peso e fizeram ele ser um dos melhores arcos ou sagas dentro do universo Comics da Marvel e eles são, Mark Millar que com certeza possui o nome de maior peso dentro do trio, Millar já possui um currículo bem apresentável no mundo dos quadrinhos tendo contribuição em adaptações de títulos como “The Avengers” e “Ultimate Fantastic Four” de Stan Lee e também “The Ultimates”(“Os Supremos” como é conhecido no Brasil) de Jack Kirby, além de ser um autor premiado de Graphic Novels, claro que ele possui mais obras fantásticas só que se eu citar tudo isso vai ficar longo, em seguida temos Steve McNiven o responsável pela arte do Guerra Civil, não apenas do Guerra Civil mais também uma extensa lista de quadrinhos “Fantabulosos”(mistura de fantástico com fabuloso) só para citar alguns exemplos em sua lista temos:



  • The Amazing Spider-Man
  • AvX: "Captain America vs. Gambit"
  • Captain America: “American Dreamers”
  • Death of Wolverine    
  • Marvel Knights 4
  • Guardians of The Galaxy
  • New Avengers                                                                          

           
Claro que não só essas obras, mas só pelos seus títulos já temos uma noção de quais personagens já passou em suas mãos, ele merece nosso respeito. Por último não menos importante o responsável pelas cores, seu nome é: Morry Hollowell que já é um colorista conhecido no mundo dos quadrinhos, sem falar que dentro de suas obras temos títulos já citados aqui mesmo e até famosos como:



  • Wolverine Old Man Logan 
  • The Amazing Spider Man 
  • Marvel: Point One
  • Hulk

Entre outros títulos claro, além de colorir muito bem como podemos ver nos quadrinhos, Hollowell se preocupa muito com a paleta de cores, selecionando muito bem os tons para dar o maior realismo ao desenho. Devo dizer que esse trio combina muito bem e não duvido deles terem se encontrado em outros trabalhos.


Guerra Civil, assim como outras sagas da Marvel, possui alguns arcos que vão caminhando até um acontecimento principal, essas são as historias paralelas, sei que muitos pediriam para eu citar cada uma delas e quais são para ficarem mais antenados nos acontecimentos, mas, posso afirmar que dá para ler o principal sem ler as histórias paralelas então por isso não irei citar todas, porém, se você tiver como e o interesse de acessar elas, é super aconselhável e irá agregar em seu conhecimento sobra toda a saga. Quando todos os acontecimentos se encontram dando o choque principal, aí temos o inicio de todo conflito entre Capitão e Homem de Ferro, explicando um pouco melhor e entrando diretamente no quadrinho, a trama do Guerra Civil se inicia quando um grupo de heróis de escala menor tem a brilhante ideia de querer confrontar um grupo de Super-Vilões e resolvem filmar para seu reality show que andava muito mal em audiência, só que numa reviravolta um dos vilões que esse grupo julgava ser fraco, era um dos “caras grandes” e acaba causando uma explosão de grande porte que por si só gera muitas baixas.
Após esse desastre os grupos de heróis mais poderosos e o heróis solos se unem para ajudar a limpar toda bagunça feita pelo grupo, nesse meio Tony Stark encontra a mãe de uma das vitimas o acusando de ser o responsável pela morte de seu filho e também ela exigia que Stark faça algo em relação à imprudência cometida por aqueles que dizem salvar vidas. Daí começa a grande discussão entre os heróis e o governo mundial que faz com que nasça a ideia do registro de identidade dos heróis para que cada um se responsabilize pelo seu ato, porém Capitão América é contra por infligir no lance tradicional da identidade dos heróis e isso poderia coloca-los em perigo, sem falar que colocaria também em perigo as pessoas que envolvem cada personagem, só que como já era tarde demais para ambos sentarem acompanhados de um cafézinho e conversarem sobre o assunto, Stark se vê na obrigação de usar algum tipo de ação para dar firmeza a sua concordância no registro dos heróis, assim ele trava todo um plano que diz ser o certo para que ele consiga o máximo de registros que o governo mundial pede, já Capitão consegue escapar das garras de Stark e os que o apoiam e junta clandestinamente um grupo de heróis que são considerados rebeldes na causa, assim ambos com seus apoiadores começam seus planos e caminham até o embate final.
Claro que no quadrinho possui mais detalhes e também tem todo um lance politico que apimenta mais o conflito entre Stark e Rogers, diferente do filme o quadrinho possui mais heróis o que dá mais euforia na parte da pancadaria, temos heróis como: Demolidor, Justiceiro, Golias, Mulher Invisível, Tocha Humana, Dr Fantástico, Coisa, Mulher Hulk e muitos outros descendo o sarrafo no quadrinho. Sem falar que a trama apresenta muitas vezes mesmo até um dramático envolvendo os heróis e até mesmo conflitos românticos, é uma mistura linda demais.



Bom pessoal, como falei antes, queria dar mais atenção ao quadrinho e falar um pouco sobre ele, de modo que possa chamar a atenção de vocês, não tinha planos de fazer comparações ou explicar tudo sobre a história, afinal, qual graça teria de explicar tudo?
Bom espero que tenham gostado da resenha, fiquem espertos que breve tem mais e não esqueçam, vocês tem um blog inteiro para se divertirem, não esqueçam de dar aquela atenção esperta nas outras resenhas, até mais.


Share this:

JOIN CONVERSATION

13 comentários:

  1. Ooi, Bento! Assisti ao filme e confesso que tinha ficado um pouco confusa com tudo que o envolveu. Mas, foi um bom filme :D Não li os quadrinhos ainda, mas me interesso, mesmo não sendo fã, acho muito bacana!
    Parabéns pela resenha ^-^
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ruhh, primeiramente agradeço por ter lido e espero que tenha gostado. Sei que em alguns pontos confundem, o pessoal da Marvel sabe mascara bem esses pontos, mas garanto que o quadrinho envolve bem pouco sobre a historia do filme, ele puxou mais pra parte original. Ainda sim, recomendo que leia o quadrinho q compensa muito. Beijão.

      Excluir
  2. Gostaria de ler pra ver aquele filme...
    Porque assim, nos quadrinhos, tem tanta coisa legal e dá pra entender melhor a trama. Lá no filme a gente sabe que não dá pra passar tudo o que o quadrinho engloba... como a política por trás da história, alguma coisa do conflito que levou aos acontecimentos principais e etc. E esses personagens a mais que não são apresentados por lá. Queria conferir pra ver essas diferenças...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane, realmente compensa muito pelo simples aspecto que o quadrinho possui uma narrativa mais completa da historia em todos os aspectos. Uma leitura diferenciada e muito bacana de se fazer. Beijos.

      Excluir
  3. Olá.
    Ainda não vi o filme, mas gostei muito da dica de leitura. Com certeza esses quadrinhos estão ricos em informação que provavelmente irão ajudar na compreensão do filme. Além de ser muito bom acompanhar essas aventuras com tantas ilustrações bonitas! Já querendo. Obrigada por sua resenha, estava fantástica. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Oi Bento, não lembro se já te parabenizei na resenha que você fez do filme, mas você escreve muito bem e com certeza nos deixa curiosos. Eu sou suspeita pra falar, porque amo heróis. Mas, vamos lá. Eu assisti o filme e estou tentando levantar a minha coleção dos quadrinhos da Marvel, ainda está bem pequena, bem pequena mesmo, mas em fim... Eu tentei comprar Guerra Civil na Bienal do Livro de Minas Gerais, mas estava muito caro, quero muito ler o quadrinho, porque sei que não da nem pra comparar com o filme. Eu sei que existe mais heróis envolvidos na batalha e por isso me decepcionei um pouco, neste quesito, com o filme, lógico que ele não deixa de ser incrível. Quero muito os quadrinhos de Guerra Civil, tenho certeza que é emocionante. Se você tiver dicas de onde podemos encontrar os quadrinhos da Marvel, além do site da Panini, será maravilhoso.
    Parabéns pela resenha, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcia, primeiramente agradeço por ler e obrigado mesmo.
      Sobre o quadrinho posso dizer que concordo com vc, a ilustração da "Guerra Civil" é uma das melhores dentro dos mega arcos da Marvel Comics, a narrativa é muito boa e compensa mesmo. Leia que vale a pena. Beijos.

      Excluir
  5. Não leio muitos HQ´s, mas esse parece ser muito bem ilustrado e moderno. Gosto de histórias que envolvam a Marvel, O Hulk, enfim... histórias de heróis, a história parece ser muito bem desenvolvida para se cruzar e formar o final surpreendente, alem de vários conflitos, fiquei muito ansiosa mesmo não sendo apta com o gênero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Maria, HQ's possuem as mais variadas surpresas, as vezes somos pegos de surpresos por uma boa ou excelente narrativa ou até mesmo desenhos modernos com ótimas expressões de movimentos, por sorte "Guerra Civil" possui ambas, no geral a Marvel sabe como agradar os fãs.

      Excluir
  6. Oi Breno,
    Eu queria muito assistir o filme, achei a sinopse incrível. Mas de quadrinhos não entendo nada rs. Porém, tenho muita vontade de começar a ler. Obrigada pela dica! Sempre achei a diagramação e as ilustrações incríveis. E desde já, me entitulo #TeamIron
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carla, obrigado por tirar um tempo do seu dia para ler, devo dizer que concordo com vc em tudo que disse.Guerra Civil é apenas uma de varias historias que a Marvel Comics possui e iremos indicar para vocês lerem, por isso fique sempre atenta aqui no Praxe, tbm sou TeamIron...kkkkk...Beijos.

      Excluir
  7. Oieee
    Breno sabe aquela pessoa q não entende nada de quadrinhos? Sou eu
    E realmente deve conter muito mais informações so q nos filmes. Eu acabo não assistindo por me sentir perdida. Vou tentar dar uma chance aos quadrinhos pra descobrir ae é ou não o tipo de leitura q eu gosto.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OIII Aline, que isso Aline, todos sabemos um pouquinho de quadrinhos, tenho certeza que vc vai curtir o mundo dos quadrinhos, basta apenas achar historias que se encaixam com seu gosto. Obrigado e fica esperta aqui no Praxe.

      Excluir