Red Hill de Jamie McGuire


"O que acontece quando aquele por quem você morreria, se transforma naquele que pode lhe destruir? Red Hill prende desde a primeira página e é impossível deixa-lo até o final surpreendente. Este é o melhor da autora Jamie McGuire!"
Sobre a história

Red Hill conta a história de como três núcleos de personagens lutam para chegar a um lugar seguro em meio ao caos. A história é intercalada entre três personagens, um de cada núcleo. Scarlet é a primeira personagem a nos ser apresentada, separada, mãe de duas filhas, ela trabalha em um hospital, primeiro lugar ao qual parece ter se instalado a caos depois dos principais aeroportos do país. Depois, conhecemos Nathan, casado com uma mulher que demonstrava com todas as forças que estava infeliz no casamento e com uma filha pequena e muito esperta chamada Zoe. Por fim, conhecemos Miranda, universitária que só deseja escapar com sua irmã e amigos para um final de semana no rancho do pai ao qual sua única preocupação é passar nas provas finais e não permitir que ninguém arranhe seu carro novo.
Em algum momento da história todos os personagens se interligam, afinal, todos estão indo para Red Hill atrás de abrigo e segurança depois do pandemônio que se instalou na cidade devido ao surto de ataques por pessoas mortas. Sim, pessoas mortas que se levantavam e atacavam com uma fome absurda quem quer que se movesse ou fizesse barulho. Cada um conhece Red Hill de uma forma diferente e seus caminhos são percorridos com dificuldade até o local considerado seguro para permanecer diante de um apocalipse zumbi.

Minhas impressões

Scarlet é uma mulher forte e determinada. Muito inteligente e batalhadora. Após um divórcio difícil e conturbado ela foca em seu trabalho e na criação de suas filhas. No dia em que o caos se instala na cidade, Scarlet deixou suas filhas na escola e as mesmas seriam buscadas pelo pai para um final de semana em sua casa. O que ela não poderia imaginar é que a partir daquele dia seu único motivo para se manter respirando seria encontrar suas filhas e mantê-las seguras dos rastejadores. Fiquei muito impressionada com a força de vontade, com a garra e com tudo que Scarlet desenvolveu na história. O livro conta um pouco da sua família, do seu ex marido e da sua relação com as pessoas a sua volta. Ao meu ver uma personagem completamente centrada e muito importante no desenrolar de todo o texto.

Nathan é um homem carinhoso e bom. Sua esposa o detesta e não dá a mínima para ele e a filha. No dia em que tudo começou ele saiu do trabalho e foi buscar Zoe na escola como de costume, como chega sempre mais cedo estava descansando no carro ouvindo rádio quando escutou o chamado de emergência. Vendo várias mães saindo do carro e entrando correndo na escola para buscar seus filhos ele não poderia deixar de fazer o mesmo. Chegando em casa para buscar sua esposa e reunir tudo de útil para fugir da cidade ele se depara com um bilhete dizendo que ela havia os deixado porque não aguentava mais. Nathan então parte sua busca por um local seguro para criar sua filha até que tudo seja resolvido, o que ele não sabia era que o terror só estava começando.

Miranda é egoísta e mimada. Filha de pais separados, mora com a mãe e a irmã. Neste mesmo dia estava a caminho do rancho Red Hill com seu namorado, sua irmã Ashley e seu namorado Connor. Connor é de longe o personagem que mais me fez sorrir, sempre disposto a ajudar e apaixonado pela namorada. Um garoto bondoso e fiel aos amigos, você através das páginas sente a empatia e o bom coração dele. Ao se deparar com um engarrafamento, a principal preocupação de Miranda era que as pessoas que estavam abandonando seus carros e correndo a pé estavam arranhando seu carro ao passar por eles desesperadamente. Disposta a tirar todos do local e levar ao rancho ela começa a perceber que o importante agora é sobreviver.

De longe minha personagem preferida na história é Scarlet, seguido por Nathan, Connor e Zoe. Estava esperando uma história de terror, sangrenta e absurdamente nojenta em relação aos detalhes, porém achei a história muito coerente e verdadeira. Mostrando como pessoas do dia-a-dia agiriam em um ambiente completamente dominado por zumbis. Não espere explicações científicas como em A menina que tinha dons, nem sangue e detalhes como no Elevador 16, mas espere uma história emocionante sobre uma possível extinção humana e histórias de pessoas reais como nós.


Li este livro em e-book então não posso dizer nada em relação a diagramação do livro físico, mas posso afirmar que ao ver o mesmo na livraria a Verus não pecou na qualidade assim como em todos os seus livros. 


| Editora: Verus 
| Autora: Jamie McGuire
| Páginas: 350
| ISBN: 9788576863380
Skoob

Share this:

JOIN CONVERSATION

8 comentários:

  1. Oi, tudo bom?
    Já vi este livro em livrarias, mas ainda não conhecia nada sobre ele. Suas impressões me deixaram curiosa para ler, vou anotar a dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Interessante..
    Não conhecia esse livro, mas já fiquei interessada.
    Adorei a dica! bjs

    ResponderExcluir
  3. Lét ❤ há tanto tempo desejo Red Hill. A Jamie escreveu um dos meus livros favoritos e preciso conhecer outras obras da diva. :3
    Parece ser uma ooooooootima história.

    Cupcakeland

    ResponderExcluir
  4. Puxa Le, tenho tanta vontade de ler esse livro, e sua resenha só fez eu desejar ainda mais... Preciso de uma leitura assim...

    Beijos
    Blog Relíquias

    ResponderExcluir
  5. Mais um livro da Jamie McgUire para eu ficar na dúvida se eu compro ou não. Tantas amigas falam bem da série dos irmãos Maddox, mas ainda não tive coragem de comprar.Mas achei que a sinopse desse livro novo tem bem mais a ver com o meu gosto, vou colocar um alerta de preço :)

    ResponderExcluir
  6. Não sabia que esse livro é de zumbi :O
    Sou Apaixonada por distopias. Gostei do fato a autora focar nos instintos dos personagens. Na minha opinião em alguns livros os autores dão mais importância no que acontece ao redor dos personagens e deixam um pouco de lado os problemas emocionais que eles enfrentam.
    Esse livros vai para minha lista de desejáveis!!!

    ResponderExcluir
  7. Nossa que Top. Eu não havia ouvido falar dessa obra, mas confesso que quando percebi que se tratava de zumbis achei que seria ruin. Eu particularmente não gosto de história de zumbis( kkk), mas ao saber através da sua resenha que não se trata de apenas isso, pude perceber um certo interesse na obra. O que mais me chama atenção é essa menina aí que é mimada ( amiga tu tá num Apocalipse zumbi ). Resumindo: gostei do livro e ds resenha, parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li esse livro, mas já coloquei na minha imensa lista. Gostei de sua resenha e constatei que é o tipo de leitura que gosto. E essa capa ficou muito boa, uma imagem bem contrastante,sombrio, cores fortes...mistério! Minha aposta é positiva.

    ResponderExcluir