Conversando com o escritor - Entrevista #3

Existe sempre aquela curiosidade de saber mais sobre como um escritor tem suas idéias, ou como o autor consegue se organizar entre ler e escrever. Hoje apresentamos a autora Tais Cortez em uma entrevista exclusiva para o blog Praxe Literária!

Golfinhos e Tubarões: Aos cinco anos, Victoria foi adotada por Ana, presidente de uma indústria de cosméticos, e Greg, um bem-sucedido advogado. Ela não entende por que não se lembra dos verdadeiros pais e não acredita na suposta causa da morte deles.
Ao completar quinze anos, estranhas mudanças começam a acontecer. Seus cabelos ruivos escurecem, ela se torna cada vez mais forte e rápida, seus sentidos ficam aguçados e alguns dos seus sonhos passam a ser premonições.
Após a visita de um casal peculiar, ela é levada para um mundo desconhecido e único, onde terá que aprender a controlar suas habilidades, freqüentando aulas diferentes de tudo o que já viu.
Lá ela conhece Alex. A atração entre os dois é imediata, mas ele se recusa a se aproximar de Victoria e de qualquer outro aluno. Ainda assim, o destino se encarrega de uni-los e Alex passa a protegê-la e ajudá-la.
O que Victoria não sabe é que ele esconde um segredo que mudará sua vida, e que o passado pode estar mais perto do que eles imaginam...
|| Skoob || Fan page || Wattpad ||

O último homem do mundo: Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher.
|| Skoob || Fan page ||

Acima de Nós: Laura e Rafael não poderiam ser mais diferentes. Ele nasceu em uma das famílias mais ricas da cidade de Catalina, e sempre teve tudo o que quis. Já ela é de origem humilde, e seu grande sonho é conseguir uma vida melhor. Mais do que isso, a visão que ambos têm de Deus é oposta: Laura o vê como um Deus de amor, enquanto Rafael não entende como Ele pode permitir que tantas coisas ruins aconteçam, incluindo uma tragédia que o assombra. Quando o comportamento dele começa a preocupar seus pais, ele é forçado a encontrar um emprego. A partir daí, esses jovens se encontram e a vida deles nunca mais será a mesma. Ela estava ocupada demais para se apaixonar, e ele sequer sabia que era capaz de sentir algo assim, mas, quando os planos de Deus são traçados, estão sempre acima de nós.
|| Skoob || Fan page ||
Biografia
Tais Cortez Ferreira nasceu em Campinas, interior de São Paulo. Formou-se em Relações Internacionais e fez bidiplomação em Economia na FACAMP. Fascinada desde criança por histórias de romance, mistério e poderes sobrenaturais, foi natural que, propondo a si mesma escrever o livro que gostaria de ler, esses elementos estivessem presentes em sua primeira obra, "Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo", lançada em agosto de 2013 pela editora Chiado. Em dezembro desse mesmo ano, lançou seu segundo livro em E-book pela Amazon: "O último homem do mundo", uma comédia romântica juvenil, que foi publicado pela LER editora em novembro de 2014. “Acima de Nós” é seu primeiro romance cristão e retrata o relacionamento entre um casal de origens distintas e com crenças conflitantes.
Agora que você já conheceu um pouco sobre a Tais e seus livros, vamos para a entrevista exclusiva para a Praxe Literária

Praxe Literária: Quando e por que você decidiu virar escritora?
Tais Cortez: Desde criança eu sempre gostei muito de ler e escrever, porém foi só após terminar Golfinhos e Tubarões que decidi que queria publicá-lo. Não consigo lembrar de um momento em que parei e pensei “quero virar escritora”, pois foi algo muito natural e se tornou um hobby na minha vida.

Praxe Literária: Como está sendo a recepção dos leitores sobre a sua história do livro Acima de Nós?
Tais Cortez: Está sendo incrível e melhor do que eu esperava! Muitos leitores têm certo preconceito por obras cristãs, e é maravilhoso quando esses mesmos leitores dizem que amaram a obra e que o livro ajudou a quebrar esse preconceito. Sinto uma deliciosa sensação de dever cumprido quando recebo uma mensagem de alguém que diz ter sentido a presença de Deus enquanto lia, ou refletido que precisa se reaproximar Dele. É uma honra ter criado algo que é um instrumento pelo qual Deus tem falado ao coração dos leitores.

Praxe Literária: Qual foi a maior motivação para escrever seus livros ?
Tais Cortez: Eu escrevo, primeiramente, para mim, porque é algo que me faz bem. Através das minhas histórias, eu consigo viajar e viver vidas além da minha. É como assistir um filme sendo transmitido lentamente, com a vantagem de que eu tenho o controle sobre os acontecimentos.

Praxe Literária: Qual o seu personagem favorito de cada livro? Por quê?
Tais Cortez: De Golfinhos e Tubarões, a Vic, pois me identifico bastante com a personagem. Ela é corajosa, determinada, sabe o que quer e luta por isso, é romântica e valoriza suas amizades. De O último homem do mundo, a Amanda, pois ela é forte e não engole nenhum sapo rsrs... Ela luta pelos ideias em que acredita e não se importa com o que os outros pensam. De Acima de Nós, a Laura, por ela ser sábia, equilibrada, e pela confiança integral que tem em Deus. Além disso, dos meu três mocinhos, meu preferido é o Rafael, pela forma como ele ama Laura e pela transformação que ele passa por ela.

Praxe Literária: Qual foi a maior dificuldade na hora de escrever os livros?
Tais Cortez: Existem dias em que é difícil escrever uma cena ou outra. As vezes eu demoro muito a escrever a história porque “empaquei” em uma determinada parte.

Praxe Literária: Quais são os seus escritores preferidos?
Tais Cortez: J.K Rowling, Stephanie Meyer, Pedro Bandeira, Jane Austen e Nicholas Sparks.

Praxe Literária: Qual é a maior dificuldade em ser um escritor?
Tais Cortez: Conseguir uma BOA editora que realmente queira investir em sua obra e que irá distribui-la e divulgá-la adequadamente. A maioria das editoras cobra algo do autor para que o publique, e poucas são as que realmente fazem mais do que cadastrar o livro nas livrarias online. A distribuição física é um grande desafio para as pequenas e médias editoras.

Praxe Literária: Você gosta de ler? Se sim, como você organiza suas leituras?
Tais Cortez: Sim, gosto muito, mas geralmente leio conforme tenho tempo e vontade. Outro vício, maior do que a leitura, é assistir filmes, e isso acaba consumindo muito do meu tempo livre.

Praxe Literária: Qual o livro mais marcante que já leu até hoje?
Tais Cortez: A Marca de uma lágrima de Pedro Bandeira marcou minha juventude, porém o livro Amor de Redenção é uma obra contemporânea que me impactou demais e que todos deveriam ler.

Praxe Literária: Como você se sentiu ao ver seus livros publicados?

Tais Cortez: É uma alegria ver meus livros publicados e poder segurá-los, mas a maior recompensa é quando os leitores se apaixonam por algo que você criou.
Esperamos que todos os leitores tenham a oportunidade de conhecer não só as suas obras, mas também a pessoa simpática que ela é. Foi um prazer fazer essas perguntas e ler as respostas da Tais Cortez! 


Onde comprar:

Acima de Nós:

O último homem do mundo:

Golfinhos e Tubarões: 
LEIA NO WATTPAD

Tem sorteio de um exemplar de ACIMA DE NÓS lá no FACEBOOK! Participe!

Share this:

JOIN CONVERSATION

6 comentários:

  1. Parabéns para a autora por escrever uma obra de ficção que abord um tema tão polêmico quanto a vida do cristão nos dias de hoje

    ResponderExcluir
  2. Me apaixonei pelos três livros, alem das sinopses serem incríveis as capas também são lindas, ja quero todos!!!
    E sobre a entrevista amei, principalmente os Autores preferidos da Tais J.K Rowling, Stephanie Meyer <3

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela entrevista, a autora realmente é muito simpática! Que continue a ter muito sucesso. Ainda não tive o prazer de ler suas obras, mas sempre vejo comentários muito positivos, então gostaria muito de ler as mesmas. Capas lindas, sinopses interessantíssimas. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. O primeiro livro que conheci da autora foi O último homem do mundo, acredito que a dificuldade que a Tais descreve em publicar uma obra é realmente um problema que precisa ser resolvido, existem milhares de autores nacionais com livros fantásticos e não conseguem publicar, triste realidade =/

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a oportunidade de ler um dos livros da Taís, mas ouço muitos elogios sobre, com certeza irei ler (espero que em breve)! Sem contar que ela é super simpática, já a vi em alguns eventos por aí. Parabéns, sucesso!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não tive a oportunidade de ler um dos livros da Taís, mas ouço muitos elogios sobre, com certeza irei ler (espero que em breve)! Sem contar que ela é super simpática, já a vi em alguns eventos por aí. Parabéns, sucesso!

    ResponderExcluir