Caixa de pássaros de Josh Malerman


Sinopse

Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

"Acabei de ouvir que a única coisa em comum em todos os incidentes é que as vitimas viram alguma coisa antes de atacar as pessoas e de se matar."

A história é alternada entre presente e passado. Ninguém sabe o que está acontecendo, ninguém sabe como parar isso, as pessoas só sabem que não podem ver. Basta olhar e você põe sua vida em risco, você enlouquece, mata quem está perto e se mata também. No começo está Malorie e sua irmã, fizeram uma mudança recente de casa para morarem juntas e os acontecimentos de mortes estão aumentando nos noticiários. A irmã de Malorie está apavorada e toma diversas precauções para se proteger do "surto", tais como tampar as janelas com cobertas, trancar as portas e não olhar para fora, mas ela acaba sendo uma das "vítimas" desse acontecimento estranho. Malorie encontra sua irmã morta, ela se matou após olhar pela janela. Apavorada e grávida, ela se vê sozinha após o suicídio da irmã e precisa de ajuda, pois ela sabe que um dia este bebê vai nascer e não poderá tê-lo sozinha. 



No jornal ela encontrou um anúncio onde um estranho convida pessoas para sua casa, dizendo ter mantimentos e segurança. Ela segue com dificuldade para a casa deste desconhecido, em busca e lá encontra amigos que se tornam uma verdadeira família, mas também alguns seu verdadeiro tormento. A trajetória não foi fácil, apesar do endereço ficar a apenas alguns quarteirões é difícil, eu diria impossível você percorrer de carro o trajeto com os olhos ora abertos, ora fechados... Mas ela consegue e a partir desse trecho a história começa a ficar muito boa.


O que descri até agora é passado, o presente conta a história de Malorie e seus dois filhos. Passaram-se cinco anos desde que este mistério começou e ela sabe que não pode ficar mais na mesma casa, precisa encontrar um local seguro e com alimentos para eles, porém, uma escolha errada pode causar uma morte talvez brutal para todos. Neste livro você vai sentir o frio na barriga que eles sentem, vai temer olhar, abrir os olhos quando você simplesmente deve fechá-los.

"As crianças nunca viram o mundo exterior da casa. Nem pelas janelas. E Malorie não o vê há mais de quatro anos."

Este livro não ganhou cinco estrelas ao final da leitura, somente após comparar com outra leitura é que pude perceber como Josh Malerman foi inteligente em descrever todos os fatos da maneira que descreveu e de terminar da maneira que terminou. Quando você ler este livro, você saberá que o medo não é só construído quando se vê algo ou quando você não pode ver, mas também quando você não quer ver e seu instinto te trai abrindo os olhos.



| Editora: Intrínseca
| Autora: Josh Malerman
| Páginas: 272
| ISBN: 9788580576528
Skoob

Share this:

JOIN CONVERSATION

12 comentários:

  1. Tenho uma relação de amor e ódio com esse livro, por que não gostei de como as coisas ficaram em aberto no final. Porém, a obra em si é muito boa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sofia quando lo também não havia gostado. Mas quando li 172h na lua percebi que as vezes é melhor ficar em aberto do que escrever coisa idiota! Kkkkk beijos

      Excluir
  2. Le, fiz a leitura deste livro a algum tempo atrás, o medo da protagonista é algo tão bem descrito que realmente passamos a senti-lo. Quando terminei a leitura passava um bom tempo pensando sobre a mesma, não tinha ninguém para comentar e isso corroeu meu cérebro kkkkkk
    Assim como você cheguei a cogitar não dar 5 estrelas, mas impossível, quanto mais pensava na obra mais ia gostando da mesma, hoje este livro esta na minha lista de favoritos.
    Dizem que terá continuidade, será?

    Beijos
    Blog Relíquias

    ResponderExcluir
  3. Amei a história, o enredo e a protagonista. Confesso que tive receio de comprar devido ao hype com a obra (ultimamente tenho quebrado a cara com os livros sensações). Mas não me decepcionei com esse.
    Estou mais acostumada a livros com finais mais conclusivos, mas achei que combinou com a obra.

    ResponderExcluir
  4. Oi Le!
    Que ótima resenha, você me deixou super curiosa!
    Eu adoro livros de terror, especialmente os mais eletrizantes, que mexem com a gente.
    A história me fez lembra o livro Prisioneiro do Inverno. Interessante mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Letícia!
    Eu acho a premissa do livro bem interessante, mas vi alguns comentários que me desanimaram a ler. Que bom que a sua experiência foi positiva.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá! Obrigada por sua resenha...ótima! Estou com esse livro em minha estante e amei ter comprado, mas ainda não li. Super ansiosa, pois resenhas como a sua, deixam uma vontade louca de cair de cabeça no livro! E estou preparada para o final, seja ele como for. Quero muito ter uma leitura prazerosa, criei grande expetativa nesse livro. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Estava com esse livro na lista há algum tempo e esse ano finalmente comprei (ganhei). Só que agora tem outros livros na frente dele, então, vai demorar um pouco pra conseguir finalmente chegar nele. Vejo diversos tipos de opiniões sobre ele e não vejo a hora de criar a minha. Por enquanto ele está sendo o "livro perfeito" apenas pela sinopse.

    Cupcakeland

    ResponderExcluir
  8. Olá! Adorei o que você falou sobre o livro! Eu simplesmente amei esse livro... Foi a primeira vez que li esse gênero e não parei mais..


    http://lendo1bomlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá! Adorei o que você falou sobre o livro! Eu simplesmente amei esse livro... Foi a primeira vez que li esse gênero e não parei mais..


    http://lendo1bomlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    sempre ficava me perguntando sobre esse "Não abra os olhos" na capa, agora entendi rs
    Que premissa inovadora, nunca vi nada parecido. Deve ser incrível, embora sentir medo não seja algo bom rs
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Odeio bagunçar minha ordem de leitura, mas depois dessa resenha vou ter que passar esse livro para frente rs. MEU DEUS, fiquei agoniada só pelo que imaginei lendo aqui, preciso saber o resto hahaha ! Esse arzinho de horror... <3

    ResponderExcluir